Autorizados saques de contas ativas e inativas do FGTS

De acordo com o governo, saques começam em setembro, e limite será de R$ 500 por conta

Saques do FGTS poderão injetar R$ 42 bilhões na economia até 2020

O governo federal anunciou quarta-feira, 24 de julho, a liberação de saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep.
De acordo com o governo, os saques do FGTS começarão em setembro, e a previsão é injetar R$ 42 bilhões na economia até 2020. Os saques do PIS-Pasep começam em agosto.
De acordo com o governo, o saque será de até R$ 500 por conta. Também foram informadas as regras: Atualmente, há cerca de 260 milhões de contas ativas e inativas no FGTS. Desse total, cerca de 211 milhões (80%) têm saldo de até R$ 500.