Bate-Bola

Carlos Gustavo Pires de Almeida (“Capacete”)

Idade: 44 anos
Nome da esposa: Fabiana Marchiori Almeida
Filho: Rayssa Marchiori Almeida
Profissão: Funcionário Público Municipal
Filiação: Antônio Ferreira de Almeida e Neusa Maria Pires de Almeida

Já jogou futebol? Qual a posição? Em quais times?
Jogo de zagueiro, em algumas equipes da cidade, disputando campeonatos regionais e locais. Mas o principal do futebol é reunião com os amigos, pois não tem preço a união de bola, cerveja, churrasco e a zoação.

Para qual time você torce? Por quê?
Torço pelo São Paulo FC, clube soberano e, como meu pai é são-paulino, herdei esta dádiva, pois realmente não tem explicação, pois o Tricolor Paulista, é uma paixão avassaladora.

Para qual time você jamais torceria? Dê três motivos. E para qual torceria em segundo lugar?
Jamais torceria pelo Corinthians, o motivo não sei explicar, mas quando você torce para outro time, já nasce um ‘ódio no bom sentido”, em relação aos outros times, mas nada de briga o legal e a zuação e ver os outros times na segunda divisão (risos).
E se tivesse que torcer por outro time, seria a Portuguesa Desportos, mas, infelizmente, a Luza está acabando. Tem também o Botafogo de Ribeirão Preto, que estou torcendo para subir para Primeira Divisão.

Qual foi o melhor jogador que já atuou pelo seu time e qual a melhor formação de todos os tempos? Descreva um momento inesquecível do seu time. O melhor jogador do meu time que vi jogar, foi o craque Raí, era um maestro. A melhor formação se pudesse juntar seria: Rogério Ceni, Cafú, Oscar, Antônio Carlos, Serginho, Mineiro, Leonardo, Raí, Muller, Careca e Palhinha, sem dúvida, seria melhor que qualquer Seleção Brasileira.
Um momento inesquecível, foi a final do Campeonato Brasileiro de 1986, quando o São Paulo conquistou o título em cima do Guarani, quando estava perdendo até o último minuto da prorrogação e, já estava quase tudo perdido, a bola sobrou para o Careca que empatou o jogo, e fomos campeões nos pênaltis, foi o primeiro grande título que assisti do meu Tricolor. Também teve outros momentos, coma conquista da Libertadores da América e os Mundiais de Clubes, que marcaram a minha vida como torcedor.

A vinda de Rafinha e Davi Luiz, para o Flamengo, Daniel Alves para o São Paulo, entre outros profissionais, você acredita que vai melhorar o nível do futebol brasileiro?
Apesar desses jogadores estarem com uma idade mais avançada para o futebol, acho positivo, pois vão trazer experiências para os mais novos. O próprio Daniel Alves foi eleito o melhor jogador da Copa América, então ainda tem muita lenha para queimar. O nosso futebol não tem como competir financeiramente com os outros mercados, então é vamos ver nossos craques mais novos indo embora cedo e voltando mais velhos para encerrar sua carreira. Mas, espero que isso mude e, possamos segurar nossos craques por mais tempo e trazer jogadores estrangeiros para abrilhantar nossos campeonatos.

Entre os brasileiros, Flamengo ou Grêmio têm mais chance de conquistar a Libertadores da América?
Espero que nenhum, pois aposto que o Boca Juniors ou River Plate, conquiste o título (risos).

Quais os quatro principais cotados para conquistar Campeonato Brasileiro deste ano?
O meu São Paulo está chegando, depois Santos, Flamengo e Palmeiras, já mais distante felizmente (rios).

Quais as quatro equipes cotadas para serem rebaixadas no Campeonato Brasileiro deste ano?
De acordo com o atual momento, podem ser Avaí, CSA, Chapecoense e Fluminense.

Qual sua opinião sobre VAR?
Veio para acabar com a injustiça no futebol, mas está sendo mal utilizado e com muita demora, aí não dá tempo de comemorar o gol na emoção do momento, só depois de alguns minutos. Mas como é o começo, penso que pode melhorar, porém, muitos times podem perder um campeonato com o novo recurso.
Você considera o técnico Tite o ideal para comandar a Seleção Brasileira?
Quando foi escolhido sim, hoje já não está mais atualizado, também não gosto desse negócio de levar jogador de confiança, lembro-me de seleções que se convocava sempre os melhores do momento, agora é tal ter ‘jogado comigo há dois anos atrás e, me ajudou’, agora tem que convocar para a Copa do Mundo, por ter ajudado na fase ruim e deixa um melhor de fora, não vou mentir desde a copa de 2010 tenho apostado em outras seleções, têm uns amigos que falam que eu não sou brasileiro, jogo da seleção não me segura mais na frente da TV.

Você prefere o sistema de competição, por mata-mata, como no campeonato Paulista, ou por pontos corridos, como no Brasileirão? Por quê?
No Brasil são dois sistemas, mas o por pontos corridos é o ideal, porque a maioria das vezes o campeão é aquele que se preparou melhor e, toda rodada deve valer alguma coisa. Mas também não se pode descartar o mata mata, como na Copa do Brasil. Cite o nome completo de três torcedores de outros times e mande um recado para eles. Mande também um recado para todas as torcidas do Brasil. Aos meus amigos corintianos Nagib Miguel Neto e Nelson Cardoso: nunca vi um time com dois Mundiais e só uma Libertadores, isso é estranho eii… Pergunto ao meu amigo Marçal Advincula Joazeiro se tinha Mundial, e ele veio com um liquidificador da marca Mondial e um litro de 51, não entendi meu amigo palmeirense. Um abraço a todos e, como disse anteriormente, o bom do futebol são os amigos, a ceva, o churrasco e a zoação.