Bate-Bola

Idade: 32 Anos
Profissão: Professor de Educação Física
Filiação: Francisco Martins e Helena Aparecida R. Martins
Onde nasceu: Ituverava

Já jogou futebol? Qual a posição? Em quais times?
Sempre gostei de futebol. Joguei como volante pelo CATI (Clube Atlético Tomé de Ituverava) e Associação Atlética Ituveravense.

Para qual time você torce? Por quê?
Torço pela Sociedade Esportiva Palmeiras, por influência da conquista do Campeonato Brasileiro de 1993, pois um vizinho assistia aos jogos vibrando muito, o que me chamou a atenção. Agradeço a ele por essa dádiva, que é ser palmeirense (risos).

Para qual time você jamais torceria? Dê três motivos. E para qual torceria em segundo lugar?
Eu, como todo o Brasil, jamais torceria pelo Corinthians. E os motivos são inúmeros, entre eles a rivalidade, os torcedores muito chatos e antipatia do clube. Em segundo lugar também torceria pelo Palmeiras.

Qual foi o melhor jogador que já atuou pelo seu time e qual a melhor formação de todos os tempos? Descreva um momento inesquecível do seu time.
Sem dúvida foi o “maestro” Ademir da Guia (“Divino”). Uma uma formação vencedora seria o time de 94/95/96: Sérgio (goleiro), Cleber e Sandro (zagueiros), Cafu e Júnior (laterais), Amaral, Rivaldo, Djalminha, Mazinho (meia), Muller e Evair (atacantes).

A vinda de Rafinha e Felipe Luiz para o Flamengo, Daniel Alves para o São Paulo, entre outros profissionais, você acredita que vai melhorar o nível do futebol brasileiro?
Creio que sim, pois são jogadores que ainda disputam em alto nível técnico e penso que abrirão porta para outros.
Qual sua opinião sobre VAR?
Uma ótima ferramenta, mas que precisa de ajustes para funcionar mais rápido e não atrapalhar o jogo.

Você considera o técnico Tite o ideal para comandar a Seleção Brasileira?
Creio que, no momento atual, não. Porém, acho que a seleção precisa de um comando de melhor nível e ter continuidade, mas, sem ficar trocando de técnico, o que não ajuda.

Você acha que as mulheres estão se interessando por futebol, e por outros esportes mais que em alguns anos atrás. Por quê?
Na verdade, interesse sempre tiveram; no entanto, hoje elas têm mais notoriedade em alguns esportes.

Qual sua opinião sobre o futebol feminino no Brasil e no mundo? Ele poderá ter o nível do futebol masculino? Por quê?
O futebol feminino é tão bom quanto o masculino, o que falta é apoio e visibilidade para essas atletas.

Você prefere o sistema de competição, por mata-mata, como no campeonato Paulista, ou por ponto corrido, como no Brasileirão? Por quê?
O sistema mata-mata é bem mais emocionante e proporciona um outro nível de esporte.

Cite o nome completo de três torcedores de outros times e mande um recado para eles. Mande também um recado para todas as torcidas do Brasil.
Sylvio Jorge de Meneses, Antônio Carlos Salvino Alves (Carlinhos do Fórum) e seu filho Rodrigo Jacob Ferreira Salvino Alves: grandes torcedores de um time pequeno, que é o Corinthians. Em tempo: paguem as Marmitas.
Para todas as torcidas: vamos fazer do esporte um objeto de paz, brincadeiras e crescimento, nunca o contrário. Vamos ganhar, Porco!