Bate-Bola

Augusto César Peixoto Cardoso (“Guto Cardoso”)

Idade: 43 anos
Esposa: Danielle Ribeiro Henrique
Filha: Ana Clara Ribeiro Cardoso
Profissão: Administrador
Filiação: Algesu Cardoso Sobrinho (in memoriam) e Edna Peixoto Cardoso
Onde nasceu: Ituverava

Já jogou futebol? Qual a posição? Em quais times?
Sempre gostei de futebol, não só como torcedor, inclusive joguei pelo time da Associação Atlética Ituveravense de meia atacante e no time de futsal de Ituverava.

Para qual time você torce? Por quê?
Tenho a honra e o prazer de torcer pelo Santos Futebol Clube, por ser o maior time de todos os tempos. É uma paixão que nem todos podem ter.

Para qual time você jamais torceria? Dê três motivos. E para qual torceria em segundo lugar?
Não torceria para nenhum outro time, pois quem é santista de verdade honra o manto sagrado. Aliás, devo lembrar que é o time que mais revelou grandes craques, começando por Pelé, Neymar, Robinho, Gabigol e um grande número de outros fora de série.

Qual foi o melhor jogador que já atuou pelo seu time e qual a melhor formação de todos os tempos? Descreva um momento inesquecível do seu time.
Quem vi pessoalmente jogar foi Neymar, quando estava no Santos. Ele é um craque e, quando pegava a bola, até a torcida rival ficava de pé. A seleção de todos os tempos: Rodolfo Rodrigues, Carlos Alberto Torres, Alex, Djalma Dias e Léo; Clodoaldo, Zito, Giovanni, Pelé, Neymar e Pepe. Seria a maior seleção do mundo de todo os tempos. Um momento, aliás, são dois momentos especiais, a conquista do Campeonato Brasileiro 2002 e da Libertadores de América de 2011. Foram jogos inesquecíveis com um nível de futebol que todos gostam, com é o DNA do Santos FC, que é futebol arte.

Você acredita que com as contrações de jogadores de alto nível que vieram do exterior melhorou o nível do futebol brasileiro? Acredita que essa política deve continuar este ano? Por quê?
Vou dar um exemplo do Santos que contratou dois jogadores diferenciados: Soteldo e Carlos Sánchez, craques muito técnicos e decisivos. Acredito que a contratação de craque estrangeiro deveria continuar, pois a qualidade e o nível dos nossos jogadores caiu muito.

Você considera que os técnicos estrangeiros são melhores do que os brasileiros? Por quê?
Hoje os estrangeiros estão um pouco à frente dos técnicos brasileiros, pois impõem um estilo de jogo ofensivo e com muita intensidade na marcação.
Em sua opinião, os campeonatos regionais, como o Paulistão, despertam o mesmo interesse que o Brasileirão? Por quê?
Ambos possuem fórmulas diferentes. Lógico que o Brasileirão é mais importante, porém os estaduais são mais charmosos.

Você acredita que times de menor expressão (do interior) possam chegar à final do Paulistão 2020? Quais times você acredita que poderiam chegar à final?
Acredito sim, pois com o investimento da Red Bull acho que o Bragantino pode até ser campeão, pois tem uma grande estrutura.

Qual sua opinião sobre VAR? Ele veio para ficar?
É uma ferramenta que inovou o futebol e deixa os resultados das partidas mais justos e, claro, veio para ficar.

Você considera o técnico Tite o ideal para comandar a Seleção Brasileira? Se não, qual você escolheria?
Acredito que o Tite é o melhor técnico Brasileiro e deveria ficar à frente da Seleção até o final da Copa do Mundo.

Qual sua opinião das mulheres no futebol. Elas estão ganhando espaço?
A mulheres jogam mais que muitos jogadores profissionais, para ser mais justo, deveria passar mais jogos pela TV aberta. Também seria importante para elas, um exemplo foi a audiência da Copa do Mundo de Futebol Feminina.

Você acha que o futebol feminino pode, em curto espaço de tempo, ter a mesma repercussão do masculino?
Não tenho dúvidas que sim, pois o futebol feminino evoluiu, de maneira considerável, técnica e taticamente nos últimos anos.

Você prefere o sistema de competição por mata-mata, como no Campeonato Paulista, ou por pontos corridos, como no Brasileirão? Por quê?
Acho que deveria manter o atual sistema, pois cada campeonato tem seu estilo de jogo, que é diferente um do outro.

Cite o nome completo de três torcedores de outros times e mande um recado para eles. Mande também um recado para todas as torcidas do Brasil. Para os meus amigos torcedores chatos e não aceitam que o meu Santástico é gigante e jamais cairia para a Série B.
Para o Palmeirense Marcos Adivincula Joazeiro (“Markim Vereador”): os Porcos não têm Copinha e nem Mundial. Rafael Rodrigues (“Pestana” – torcedor dos Gambás: o seu Corinthians está quebrado, sujo, sem estádio e ajuda o cara que vende marmitex , mas está atrasado. Gerson Fontebassi da Silva (“Geleia”) – torcedor dos Bambis: só aparece quando ganha, mas faz muito tempo que não aparece (risos).
Para todas as torcidas: o futebol é um universo maravilhoso, que faz as pessoas se aproximarem, faz multiplicar os amigos, ensina amar e respeitar o próximo. Esse foi o ensinamento do meu eterno pai, Algesu Cardos Sobrinho (“Nena”) que me mostrou o verdadeiro mundo do futebol.
Por fim, quero mandar um forte abraço a todos do Grupo SANTÁSTICO ITUVERAVA, e que continuem unidos, torcendo e confraternizando sempre por nosso Santos Futebol Clube, o maior de todos os tempos.