Casal ciclista viaja pela América do Sul há mais de um ano

Casal viaja America do Sul sobre duas rodas, descobrindo novos costumes, lugares e pessoas.

Na terça-feira, 27 de fevereiro, passou por Ituverava o casal ciclista Samuel Serrado de Souza e Juliana Ferreira de Morais, que está percorrendo a América do Sul. Eles ficaram hospedados no Hotel Flamingo, onde uma pessoa benevolente da cidade pagou a diária para o casal.
A viagem, que já dura um ano e quatro meses, trouxe muitas surpresas para eles, pois além de conhecer culturas, lugares e pessoas diferentes, também estão esperando um bebê, fruto de um amor que surgiu em meio a essa aventura.
Samuel nasceu em Bento Gonçalves (RS) sempre teve sonho de viajar a America do Sul de bicicleta. Ele, que sempre foi atleta, iniciou a viagem em 9 de novembro de 2016, quando tomou coragem para começar uma experiência nova em sua vida.
O casal se conheceu quando Samuel fez sua parada em Porto Velho (RO), e conseguiu um “bico” como garçom em um dos restaurantes da cidade. Juliana ficou encantada com a história do gaucho e, logo veio o pedido de namoro e, por amor e aventura, ela resolveu deixar sua cidade natal e construir uma história ao lado de Samuel.
Antes Porto Velho, o ciclista já havia viajado para o Uruguai, Paraguai, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. Depois da união, o casal já percorreu o Acre, Manaus, Belém, Maranhão, Piauí, Tocantins, Goiás, Brasília, Triângulo mineiro, e o objetivo é chegar à São Paulo.

Dificuldades
Ainda que seja o sonho se realize, conseguir concluir a jornada é um desafio, pois ainda faltam quatro anos para atingir o objetivo, pois as dificuldades são muitas.
“Primeiro é preciso coragem, pois sentimos muito medo quando está anoitecendo, pois, a violência é grande. Quase nunca dormimos em hospedagens, na maioria das vezes acampamos, então tem que haver muito cuidado ao escolher os locais onde vamos pernoitar. As pessoas também nem sempre são hospitaleiras e acolhedoras”, comenta o casal.
O dinheiro é uma luta para sobrevivência. “O custo é somente com alimentação, é o que priorizamos em nossa jornada. Para conseguir comer todos os dias tentamos comprar em cidades algo que possamos revender em outras, como quadros, acessórios, presilha para cabelo, e assim conseguimos o almoço e o jantar de cada dia”, afirma Juliana.

Pausa no percurso
Ainda há um grande trajeto a ser percorrido, mas terá que ser interrompido por um período de seis meses, pois Juliana recebeu a notícia da gravidez em Jalapão, no Tocantins, e para o casal está ansioso para o grande momento.
“Por andarmos de bicicleta no sol, e fazer muitos movimentos físicos o dia todo, entramos em consenso em relação a dar uma pausa para ela ganhar o bebe e amamentá-lo. Vamos voltar para Porto Velho, minha cidade natal, para que além de cuidar do bebê, possa também juntar dinheiro para o restante da viagem” observa Juliana.
Mas eles já fazem planos para a volta. “Depois desse período, o sonho continua, vamos pedalar até o Nordeste para conhecer a cultura e as praias da região, logo depois vamos com destino á Venezuela, que atualmente é o que mais desejamos conhecer” afirma Samuel.