Centro Oncológico será inaugurado na Santa Casa

Novo e moderno setor funcionará na antiga área da Hemodiálise da instituição de saúde  

A enfermeira Juliana Paulista Ribeiro Inácio, o tesoureiro Bruno Baldo Filho, a administradora Cláudia Maria Carreira Frata e o presidente Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”)

A Santa Casa de Ituverava se prepara para viver mais um momento histórico: a inauguração do Centro de Tratamento Oncológico “Sueli Rodrigues”, prevista para o dia 16 de fevereiro, às 9h30.
A solenidade de inauguração, que representa mais uma importante conquista para a área de Saúde de Ituverava e região, deverá contar com a presença de diversas autoridades, como a diretoria da Santa Casa, deputados federais e estaduais, prefeitos de toda a região e empresários.
O Centro Oncológico é consolidação de um corajoso projeto idealizado há alguns anos pela diretoria da Santa Casa, capitaneado pelo presidente, o empresário Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”). A iniciativa se intensificou em abril do ano passado, quando a instituição de saúde passou a investir no projeto de forma mais consistente. O novo setor funcionará na antiga área da Hemodiálise, que está totalmente pronto, equipado e mobiliado, obedecendo todas as normas da Vigilância Sanitária. É um ambiente moderno e bastante confortável para os pacientes que precisarem de atendimento como quimioterapia. O presidente Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”) explica como surgiu a ideia. “Há alguns anos, após observamos a necessidade de Ituverava e região, decidimos investir em um Centro Oncológico. Buscamos por um parceiro, o Centro de Tratamento Oncológico de Ribeirão Preto, que nos guiou neste projeto e até cedeu médicos para capacitação. Fizemos alguns investimentos para as adequações necessárias no espaço físico e aquisição de equipamentos”, ressalta Busa.

Funcionamento
A administradora da Santa Casa, Cláudia Maria Carreira Frata, fala sobre o Centro Oncológico. “A Santa Casa contratará um médico oncologista, mas também deverá contar com a parceria do corpo clínico da instituição de saúde e também do corpo de enfermagem”, afirma a administradora da instituição de saúde, Cláudia Maria Carreira Frata.
“Vai facilitar para muitos pacientes, pois em Ituverava serão aplicadas sessões de quimioterapia, consultas clínicas, consultas de enfermagem e todos os procedimentos que envolvem a quimioterapia, como intercorrências”, observa.
“Se durante a tratamento o paciente precisar de outra especialidade médica, ele será encaminhado. Ou seja, não será apenas um tratamento oncológico, mas que atenda tudo que o paciente precisar”, destaca.
Por enquanto, segundo Cláudia, serão atendidos pacientes apenas através de convênios. “No entanto, contamos com um setor de prevenção – que, inclusive, já está sendo feita – voltada a toda a população, especialmente para as mulheres devido à elevada incidência do câncer de mama”, ressalta.

Homenagem

O Centro de Tratamento Oncológico recebe o nome de “Sueli Rodrigues” em homenagem à Sueli Aparecida Rici Rodrigues, que faleceu em setembro do ano passado. Ela era casada com Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”) e são seus filhos Andresa Suely Rodrigues Rubira, casada com Maurício José Rubira; Suely Aparecida Rodrigues Abissamra, casada com Mário Eduardo de Aguiar Abissamra e Luiz Carlos Rodrigues Júnior.

Entenda sobre os serviços oferecidos pela área oncológica  

A Oncologia está voltada para a forma como o câncer se desenvolve no organismo e qual é o tratamento mais adequado para cada tipo de neoplasia. Abrange um grupo de mais de 200 doenças e, embora existam muitos tipos de câncer, todos começam devido ao crescimento anormal e fora de controle das células.
É uma área da ciência médica que lida com tumores e com câncer. A palavra Oncologia tem origem em duas acepções, na palavra grega “onkos” (onco) que significa massa, volume, tumor e no termo “logia” que significa estudo, portanto oncologia é o estudo dos tumores.
No Brasil, a incidência de câncer vem aumentando de forma preocupante. Em 2016, por exemplo, foram cerca de 600 mil casos novos.
A boa notícia é que entre 50% a 60% dos pacientes com os vários tipos dessa doença podem ser curados, desde que recebam tratamento apropriado e, de preferência, que os diagnósticos sejam feitos nas fases mais iniciais.
Por conta disso, na Oncologia atual é de enorme importância a abordagem multidisciplinar no tratamento do paciente, assim o oncologista trabalha integrado a uma equipe multiprofissional e conta com a colaboração de outras especialidades médicas como Patologia, Radiologia, Cirurgia, Pediatria, Psiquiatria e Fisioterapia, além de profissionais de áreas como Enfermagem e Nutrição.
Tratamento oncológico
O tratamento oncológico deve ser sempre muito individualizado, portanto, é importante observar as necessidades e possibilidades terapêuticas de cada paciente.
Os objetivos do tratamento oncológico basicamente consistem em curativo, remissão da doença e cuidados paliativos.
O primeiro objetivo do tratamento oncológico é curar os pacientes para devolver-lhes um lugar na sociedade. Para isto deve ser prescrito um bom tratamento com a possibilidade de usar medicamentos modernos sempre com o foco em uma medicina personalizada, ou seja, orientada para aquele paciente mesmo em que a chance de cura é pequena.
Caso a cura não seja possível de alcançar, cabe ao oncologista apontar ao paciente um segundo objetivo, que visa uma satisfatória remissão da doença, fazendo com que o paciente fique bem consigo mesmo pelo maior tempo possível, longe dos efeitos da doença e de internações.

Qualidade de vida

O maior objetivo é melhorar a qualidade de vida do paciente e não apenas prolongar uma vida sofrida. O médico deve ajudar o paciente a manter a sua dignidade, entender sua fraqueza e evitar sentimento de frustração.

Centro oferecerá atendimento humanizado e de qualidade  

A equipe de atendimento do Centro de Tratamento Oncológico “Sueli Rodrigues” contará com médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, psicólogos, assistentes sociais e outros profissionais.
“Será um atendimento bastante humanizado, pois observamos que grandes centros que oferecem o tratamento oncológico, como Barretos, Ribeirão Preto e Franca, estão superlotados, o que faz com que a qualidade no atendimento diminua”, enfatiza a administradora da Santa Casa, Cláudia Maria Carreira Frata.
“O Centro Oncológico terá capacidade de atender pelo menos 20 pessoas por dia, pacientes de outras instituições podem vir para Ituverava, para evitar a superlotação e receber um atendimento rápido e humanizado”, enfatiza.
Segundo Cláudia, a Santa Casa já investiu R$ 350 mil no projeto. “A maior parte foi para obras de reforma e readequação, pois a instituição já conta com os aparelhos necessários, como um moderno centro cirúrgico e setor de diagnóstico por imagem, que conta até com ressonância magnética”, pontua.

Prevenção
Ainda segundo Cláudia Maria Carreira Frata, a ideia da Santa Casa é investir tanto no tratamento quanto na prevenção do câncer. “Hoje já realizamos pequenos cirurgias, relativas ao câncer de pele e a pequenos tumores de mama, principalmente os benignos. Em breve pretendemos iniciar cirurgias de câncer de próstata. Também temos o projeto de futuramente trabalhar com radioterapia”, enfatiza.
“Hoje, além da excelente estrutura, temos ótimos equipamentos e profissionais capacitados, portanto, a população pode ficar tranquila e confiar que o Centro de Tratamento Oncológico ‘Sueli Rodrigues’ oferecerá o que há de melhor”, observa Cláudia.

Conquista para a população

Centro de Tratamento Oncológico da Santa Casa

A administradora lembra a importância desta conquista para a população. “Sabemos o quanto o tratamento de câncer é doloroso. É muito triste ver pessoas debilitadas tendo que viajar para outros locais para fazer quimioterapia. Com esse novo serviço em Ituverava, certamente se sentirão bem melhor”, ressalta.
“Por fim, convido a população para participar da solenidade de inauguração do Centro de Tratamento Oncológico e conhecer o local, que é mais uma importante conquista para o nosso município”, completa Cláudia.