Circo da Fórmula 1 chega aos EUA neste final de semana

O Grande Prêmio dos Estados Unidos, 18ª etapa da temporada 2018 da Fórmula 1, acontece neste domingo, 21 de outubro, às 16h10, no Circuito das Américas, o COTA, em Austin, no Texas.
Os treinos começaram sexta-feira, acontecem hoje, sábado às 15h e a qualificação às 18h.

Circuito
O Circuito das Américas é uma grande criação de Herman Tilke e possui seções inspiradas em dois setores de outros circuitos pelo mundo, com curvas mais rápidas que Spa e mais baixas que a de Hungria.
O 1º setor possui curvas rápidas, já o segundo, curvas em formato de “S”, sendo anti-horária, possuindo diferença de elevação de 41 metros. As equipes terão trabalho durante a acorrida, pois precisam encontrar o equilíbrio entre velocidade nas retas e estabilidade nas curvas.

Hamilton defende Vettel
O alemão Sebastian Vettel ganhou um apoio inesperado, em meio a críticas e reclamações por parte da imprensa e dos fãs da Ferrari. O piloto da equipe italiana foi defendido pelo inglês Lewis Hamilton, seu maior rival na briga pelo título da temporada 2018 da Fórmula 1.
“Acho que a imprensa precisa mostrar um pouco mais de respeito por Sebastian”, declarou o piloto da Mercedes nas redes sociais. “Vocês simplesmente não conseguem imaginar como é difícil fazer o que fazemos no nosso nível, para qualquer atleta brigando pelo topo na modalidade que disputa”, afirma
Vettel vem se tornando alvo de críticas desde que deixou escapar a liderança do campeonato, por conta de uma sequência de erros de pilotagem e também em razão de falhas da equipe. Mesmo com um carro, considerado, o melhor da temporada, a Ferrari viu Hamilton vencer as últimas quatro corridas do campeonato, abrindo 67 pontos de vantagem sobre o adversário alemão.

Erros são compreensíveis
Para Hamilton, os erros do rival são compreensíveis. “É esperado que os seres humanos cometam erros, mas o que importante é como superamos esses erros”, declarou o inglês, que está cada vez mais perto do pentacampeonato.
Em razão dos últimos bons resultados, o piloto da Inglaterra poderá confirmar o título por antecipação já na próxima etapa, em Austin. Para ficar com o troféu com três provas de antecipação, no GP dos Estados Unidos, Hamilton precisa superar o alemão por oito pontos. Se vencer, por exemplo, será campeão se o rival ficar no máximo em terceiro.