Confira as melhores biografias e autobiografias já lançadas

As biografias e autobiografias são de extrema importância por retratarem histórias e detalhes de personalidades notáveis, transportando leitores para épocas e locais diferentes, muitas vezes com extrema precisão. Confira algumas das mais importantes biografias já escritas:

A autobiografia de Martin Luther King
Com base em arquivo inédito de textos autobiográficos do próprio King, incluindo cartas e diários não publicados, assim como filmes e gravações, Clayborne Carson – historiador da Universidade Stanford e diretor do Martin Luther King Jr. Research and Education Institute – cria um inesquecível retrato em primeira pessoa do grande líder.

Minha breve história
‘Minha breve história’ conta a trajetória de Hawking, desde a infância na Londres do pós-guerra até o reconhecimento científico internacional. Com fotos pessoais, raramente publicadas, este relato apresenta o leitor a um personagem quase nunca vislumbrado nos livros anteriores – o estudante curioso que foi apelidado de Einstein; o brincalhão que já apostou com um colega sobre a existência de um buraco negro; e o jovem marido e pai lutando para alcançar prestígio no mundo da física e da cosmologia.
Discorre sobre os desafios que precisou enfrentar após o diagnóstico de esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos. Ao contar sobre o desenvolvimento de sua carreira, ele explica que a ideia de uma morte prematura o incitou a se dedicar com mais afinco às descobertas intelectuais.

Longa caminhada até a liberdade
Nelson Mandela é considerado um eterno líder político do mundo. Em suas memórias, busca contar a história de sua vida – um épico de lutas, revezes, esperança renovada e de triunfo. Ele descreve em detalhes a sua jornada – o desenvolvimento de sua consciência política, seu papel na formação da Liga da Juventude do CNA, seus anos na clandestinidade – que levaram a uma condenação à prisão perpétua em 1964 – e o seu agitado quarto de século atrás das grades.
Ele também procura relembrar os eventos importantes que antecederam o seu triunfo na primeira eleição multirracial realizada na África do Sul em abril de 1994.

Uma vida sem limites
Nascido sem os braços e sem as pernas, Nick Vujicic tornou-se um palestrante motivacional que busca, através de sua história, inspirar e encorajar outras pessoas a encontrar seus propósitos na vida, a despeito de quaisquer dificuldades que apareçam.

Steve Jobs
Este livro, baseado em mais de quarenta entrevistas com Steve Jobs – e entrevistas com familiares, amigos, colegas, adversários e concorrentes -, narra a vida deste empresário, cuja paixão pela perfeição e cuja energia contribuíram para seis indústrias – a computação pessoal, o cinema de animação, a música, a telefonia celular, a computação em tablet e a edição digital.

Einsten – Sua vida, seu universo
A biografia de Albert Einstein baseia-se numa coleção de cartas divulgadas em 2006, vinte anos depois da morte de sua enteada, conforme ela determinara em testamento. Escrita pelo jornalista Walter Isaacson e amplamente elogiada pela crítica, revela um Einstein avesso a qualquer tipo de dogma. Foi esse espírito rebelde que permitiu o nascimento da teoria que revolucionaria a física.
O conteúdo das cartas desnuda a vida íntima de uma mente genial. Um homem simples e afável, mas ao mesmo tempo impertinente e distante, Einstein mantinha relacionamentos pessoais difíceis, segredos e casos extraconjugais, além de desprezar a guerra e se divertir com a aura de celebridade.
Livre de amarras, Einstein podia explorar sua curiosidade, traço fundamental de sua personalidade e, em suas próprias palavras, essencial para seu brilhantismo; ‘Einstein – Sua vida, seu universo’ nos revela o menino curioso, o estudante genial e insolente que se apaixona pela colega de curso, o funcionário do escritório de patentes que revoluciona a física, o homem atormentado por problemas conjugais, o pai muitas vezes ausente, o físico por fim reconhecido no mundo todo, o militante pacifista e sua busca frustrada pela ‘teoria do campo unificado’ – uma solução matemática que explicasse as idiossincrasias da recém-nascida mecânica quântica, fruto de uma ideia sua.

Freud – uma vida para o nosso tempo
Este livro pretende ser uma viagem pelo mundo de Sigmund Freud- a família, as relações, a cidade onde viveu, a formação, as dificuldades profissionais, inovações teóricas, os casos clínicos, a vida produtiva e o contexto social e histórico em que ela foi vivida.
Ao examinar as paixões, sondar o intelecto e expor as teorias de Freud, Peter Gay construiu a biografia definitiva do criador da psicanálise.

Cartas a Theo
As cartas são de Van Gogh para seu irmão Théo, escritas entre julho de 1873 e 1890. Mostram um pintor atormentado diante das questões apresentadas pela sociedade e que confronta modelos e costumes.
Suas telas eram jorros de substância incendiária, bombas atômicas cujo angulo de visão, ao contrário de toda a pintura com prestígio em sua época, teria sido capaz de perturbar seriamente o conformismo espectral da burguesia do Segundo Império.

Karl Marx – A história de sua vida
30 anos depois de sua morte, todo operário consciente deve saber que existiu tal homem e que sua vida foi dedicada total e absolutamente à luta pelo fim da exploração e da opressão; que suas ideias seguem válidas até hoje e ainda inspiram e seguirão inspirando muitas gerações de socialistas revolucionários.
A vida de Marx nos ensina que, separadas da prática, as ideias não contêm, por si só, nenhuma verdade e que nenhum sacrifício é demais quando se tem ao seu lado a razão histórica; quando a causa a que se serve é a causa do verdadeiro progresso humano; quando a luta que se trava está para além de seu lugar e seu tempo.

Cora Coralina – Raízes de Aninha
Primeiras poesias, textos, depoimentos de familiares e um acervo fotográfico compõem a obra ‘Cora Coralina – Raízes de Aninha’. Fruto de 20 anos de pesquisa e entrevistas, o livro vai além dos limites biográficos. É um retrato da vida humana e artística de Anna Lins dos Guimarães, que entrou para o rol das principais poetisas brasileiras de projeção internacional com o nome de Cora Coralina.

Carl Jung – Curador ferido de almas
Este livro pretende contar a história da evolução pessoal e espiritual de Carl Gustav Jung, célebre pela investigação pioneira dos sonhos, do inconsciente e da espiritualidade e fundador da psicologia analítica.
Mesclando trechos da correspondência de Jung e de sua autobiografia – ‘Memórias, sonhos, reflexões’ -, Claire Dunne conta a vida do psiquiatra e psicanalista em grande medida com as palavras dele, completando o retrato com reminiscências de amigos, colegas e conhecidos.

A loucura mansa de José Mindlin
A loucura mansa de José Mindlin é uma coletânea de textos, alguns escritos especialmente para este livro, outros já publicados em jornais e revistas, e uma fotobiografia elaborada por Cristina Antunes e Nádia Batella Gotlib, acompanhados de um DVD com um documentário que homenageia o bibliófilo por meio de seus livros e de sua biblioteca.
A fotobiografia de José Mindlin inclui inúmeras imagens selecionadas a partir de seu arquivo pessoal e do arquivo familiar conservado por seus filhos. A seleção foi feita a partir de fotos e documentos depositados no prédio que abriga a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, e de fotos familiares sobretudo dos ascendentes ucranianos e demais ascendentes e descendentes que compõem o núcleo parental mais próximo.
A seleção partiu, desse modo, dos materiais que o próprio Mindlin optou por guardar e incorporar a seu acervo, complementado por imagens cedidas pelos seus filhos.

Leonardo da Vinci – Vida e obra
Martin Kemp, Professor de História de Arte na Universidade de Oxford, e uma das mais conceituadas autoridades sobre a obra de Leonardo da Vinci, oferece-nos esta bem fundamentada exploração das razões que fizeram deste gênio um fenômeno tão extraordinário que ainda hoje nos inspira.
Fruto de um estudo baseado não só nas obras que Da Vinci deixou mas também nos seus projetos e, sobretudo, nos seus cadernos manuscritos, Kemp mostra-nos a relação entre as obras que Leonardo deixou, as que de algum modo estão ligadas à sua oficina ou que denotam a sua intervenção, e as extraordinárias anotações feitas nos seus cadernos e faz ainda uma incursão nas metamorfoses que a recepção da obra de Da Vinci foi sofrendo ao longo dos séculos.

Uma vida em cartas
Nascido em uma família da classe média inglesa intimamente ligada ao colonialismo europeu na Ásia, George Orwell – não fosse seu temperamento irrequieto e contestador – poderia ter se tornado, como seu pai, um burocrata da administração imperial. Mas os horrores da exploração colonial marcaram o futuro autor de ‘Dias na Birmânia’, e em 1927 ele decide se embrenhar em uma vida incerta de vagabundo, operário e escritor freelancer.
Só duas décadas mais tarde, após inúmeras dificuldades pessoais e gravemente enfermo, Orwell enfim encontraria a consagração literária. Uma vida em cartas permite acompanhar essa trajetória por meio da voz do próprio Orwell. Entre amigos, editores, parentes e simples leitores desconhecidos, o escritor britânico correspondeu-se generosamente com as pessoas que exerceram influência sobre sua vida e produção literária.
Selecionada entre as várias centenas de suas cartas conhecidas, esta coletânea contextualiza os principais movimentos do autor em meio a seu ambiente político, familiar e profissional.

Diana, sua verdadeira história em suas próprias palavras
Em 1997, a trágica morte da princesa Diana fez com que o mundo parasse para analisar a importância que ela teve para todos. Momentos como o casamento de conto de fadas, o nascimento de seus dois filhos e a separação do príncipe Charles foram acompanhados atentamente pelo público; no entanto, poucos conheciam a história por trás de todo o glamour que reveste um membro da família real – a infância difícil, as traições sofridas durante o casamento e o sentimento de impotência que a princesa sentia.
‘Diana – Sua verdadeira história em suas próprias palavras’ é a única biografia escrita com a colaboração da princesa, a partir de fitas gravadas e enviadas para o autor Andrew Morton. Trechos das declarações de Diana a Andrew a respeito de todos os momentos de sua vida até pouco antes da separação.

Bauman sobre Bauman
Quem é Zygmunt Bauman? O que faz Bauman? Por que um dos principais sociólogos contemporâneos faz o que faz? Essas três perguntas guiam os cinco diálogos que o sociólogo Keith Tester manteve com Bauman na primavera/verão de 2000, reunidos neste volume. Durante as conversas, o pensador revisita sua própria obra, cita os autores que o influenciam, revela os conceitos-chave para a leitura de seus textos, os planos para o futuro, além de lembrar aspectos marcantes de sua vida, como a juventude na Polônia e a importância da esposa em sua compreensão do Holocausto.
Os leitores familiarizados com a obra de Bauman encontrarão aqui respostas para algumas perguntas que provavelmente gostariam de fazer ao autor, com a facilidade de encontrar suas ideias organizadas por temas – os horizontes da sociologia; ética e valores humanos; o caráter ambivalente de modernidade; individualização e sociedade de consumo; o papel da política.

Darwin – O retrato de um gênio
A carreira revolucionária de Darwin é o principal objeto de estudo para o historiador Paul Johnson nesse livro. Johnson investiga a vida do cientista e seus trabalhos brilhantes. O livro aborda desde o nascimento de Charles Darwin até a publicação de sua principal obra, ‘A origem das espécies’, passando por várias etapas da vida desse gênio.

Clarice
Esta obra traz a biografia de Clarice Lispector escrita pelo norte-americano Benjamim Moser, buscando revelar aspectos considerados como fundamentais na trajetória da escritora, desde a origem miserável e violenta na Ucrânia – para onde o autor viajou – ao reconhecimento internacional. A partir dessa pesquisa, Moser se propõe a tecer relações entre a vida e a obra da brasileira.