Confira novos escritores que vêm se destacando no Brasil

Muitas vezes os amantes dos livros e da literatura ficam apegados a nomes que fizeram história e a grandes clássicos que, sem sombra de dúvida, são sempre opções certeiras.
Entretanto, evoluir é preciso e, para isso, a literatura tem presenteado o seu público com novos talentos. Para que você saiba mais sobre alguns deles e comece a se familiarizar, confira uma lista de 10 novos escritores brasileiros que você precisa conhecer.

Daniel Galera
Escritor e tradutor de literatura contemporânea de língua inglesa, Daniel Galera foi um dos criadores da editora Livros do Mal, por onde lançou seu livro de estreia, “Dentes guardados”, e a primeira edição de “Até o dia em que o cão morreu”, adaptado para o cinema por Beto Brant e Renato Ciasca como “Cão sem dono”.
Seu romance “Mãos de Cavalo” foi incluído na lista de leituras do vestibular por três anos consecutivos. “Cordilheira” recebeu o prêmio Machado de Assis de Romance e foi terceiro lugar na categoria Romance do prêmio Jabuti. É autor também do álbum em quadrinhos “Cachalote”, com o desenhista Rafael Coutinho.
Seus livros e contos foram adaptados para cinema, teatro e histórias em quadrinhos. No exterior, os direitos de sua obra foram vendidos para países como Inglaterra, Estados Unidos, França, Itália, Argentina, Portugal, Romênia e Holanda.

Antonio Xerxenesky
Antonio é escritor e editor. Foi um dos fundadores da Não Editora, uma editora dedicada a jovens autores gaúchos e responsável pela revista eletrônica de crítica literária Cadernos de Não-Ficção. Foi selecionado em 2012 como um dos 20 melhores jovens escritores da revista britânica Granta, que indica os nomes que irão construir o novo mapa da literatura brasileira.

Chico Mattoso
Chico nasceu na França, mas sempre viveu em São Paulo. Formado em Letras, foi um dos editores da revista Ácaro e tem textos publicados em diversos jornais e revistas. Longe de Ramiro, seu primeiro romance, foi finalista do prêmio Jabuti. Além de escritor, também trabalha como roteirista.

Antonio Prata
Antonio Prata tem dez livros publicados, entre eles “Meio intelectual, meio de esquerda”, de crônicas, e “Felizes quase sempre”, infantil, ilustrado pela cartunista Laerte. Escreve roteiros para televisão e cinema e mantém uma coluna no jornal Folha de S. Paulo, aos domingos.

Vanessa Barbara
Vanessa Barbara é jornalista, tradutora e escritora. Além disso, é colunista do New York Times e da Folha de S. Paulo. Publicou “O livro amarelo do terminal”, que lhe rendeu o prêmio Jabuti de reportagem, “O verão do Chibo”, o infantil “Endrigo, o escavador de umbigo”, o romance “Noites de alface” e, pela Companhia das Letras, a graphic novel “A máquina de Goldberg”.
Luisa Geisler
Com apenas 19 anos de idade, Luisa ganhou o Prêmio SESC de Literatura na categoria conto, pelo seu livro de estreia “Contos de Mentira”, que também foi finalista do Prêmio Jabuti.
No ano seguinte, repetiu a dose vencendo o prêmio de melhor romance com o livro “Quiçá”. No ano de 2012, foi incluída na antologia dos melhores jovens escritores brasileiros, editada pela revista Granta, sendo a mais jovem autora selecionada.

Raphael Montes
Raphael entrou para o mundo literário, mais especificamente na literatura policial, em 2009, com o conto “A Professora”, incluído na coletânea Assassinos S/A. Em 2012, seu primeiro romance, “Suicidas”, surpreendeu a crítica e foi finalista dos prêmios Benvirá e Machado de Assis.
Além disso, a obra “Dias Perfeitos” será publicada nos Estados Unidos, Inglaterra, Espanha, Holanda, Itália e França.

Ricardo Lísias
Ricardo estreou na literatura em 1999, com o romance “Cobertor de estrelas”, que escreveu enquanto ainda cursava Letras. Foi finalista do Prêmio Jabuti de 2008, com “Anna”. Seu conto “Tólia” foi selecionado para a edição da revista inglesa Granta.
Laura Erber
Laura é escritora, artista visual e professora. Publicou contos e ensaios em diversas revistas e tem quatro livros de poesia, entre eles “Insones” e “Os corpos e os dias”, finalista do Prêmio Jabuti na categoria poesia.

Tatiana Salem Levy
Tatiana é escritora, tradutora e doutora em estudos de literatura. É autora do ensaio “A experiência do fora: Blanchot, Foucault e Deleuze” e dos romances “A chave de casa”, vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura, na categoria romance de estreia, e publicado também em Portugal, França, Espanha, Itália, Turquia e Romênia.