Confira thrillers psicológicos para ler durante a quarentena

Séries de TV não são as únicas opções de entretenimento maratonáveis: há muitos livros que podem deixar você mais fissurado do que muitos lançamentos da Netflix. E não estamos falando só da série Harry Potter. Confira alguns títulos de thrillers psicológicos clássicos e recém-lançados que vão fazer você querer ler sem parar:

Kindred: laços de sangue, de Octavia Butler
Chamada de “a grande dama da ficção científica”, a estadunidense Octavia Butler insere em suas histórias questões raciais e de preconceito. Em Kindred, lançado em 1979 e traduzido para o português em 2017, a narrativa acompanha uma série de viagens no tempo aterrorizantes vividas pela personagem principal: ela deixa sua casa na Califórnia dos anos 1970 e volta a uma fazenda pré-Guerra Civil de Maryland, onde conhece seus ancestrais. E precisa fazer escolhas difíceis para poder voltar à modernidade.

As Outras Pessoas, de C. J Tudor
A escritora britânica que estourou em 2018 acaba de voltar às prateleiras com um novo romance, lançado no Brasil em junho. No thriller com toques sobrenaturais, a vida de diferentes pessoas que passaram por acontecimentos terríveis para mostrar o que um ser humano é capaz de fazer por justiça.

A paciente silenciosa, de Alex Michaelides
O livro de estreia do escritor cipriota britânico foi um dos grandes sucessos de 2019. Na história, a vida aparentemente perfeita de Alicia Berenson desmorona quando ela mata o próprio marido com 5 tiros e nunca mais pronuncia uma palavra.
Depois de muitas tentativas falhas de outros médicos, o psicoterapeuta Theo Faber decide intervir, convencido de ser capaz de fazê-la falar — a verdade, porém, pode não ser nada conveniente.

Canção de ninar, de Leïla Slimani
Publicado no Brasil em 2018, o premiado livro da escritora marroquina tem temática contemporânea. Decidida a trabalhar apesar da relutância do marido, Myriam busca a babá perfeita para seus dois filhos.
Encontra Louise, que cuida bem das crianças, mantém a casa em ordem e aceita fazer horas extra. Mas a relação de dependência culmina na tragédia que dá início à trama: Louise mata as duas crianças.

Até o fim, de Harlan Coben
O estadunidense Harlan Coben é talvez um dos maiores nomes do mistério e suspense da atualidade, o único a ter recebido os três principais prêmios dos EUA da literatura do gênero, o Anthony, o Shamus e o Edgar Allan Poe.
Lançado em 2019, Até o Fim é o título mais recente traduzido para português. É a história de um detetive que passa 15 anos investigando a morte do irmão e a namorada, até finalmente chegar a uma pista: as digitais de sua ex-namorada aparecem no carro de um suposto assassino, levando-o a uma jornada por explicações que levam a mais perguntas sobre sua infância e adolescência.