Copa do Brasil: tudo o que você precisa saber sobre São Paulo x Atlético-PR

Diego Souza volta ao São Paulo; Everton ainda não reúne condições burocráticas para jogar (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

São Paulo e Atlético-PR fazem nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Morumbi, o jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil.

Como venceu a partida de ida por 2 a 1, na Arena da Baixada, o Furacão joga pelo empate para chegar às oitavas de final. O Tricolor tem que vencer de qualquer maneira. Se conseguir dois gols de vantagem, o time paulista avança no tempo normal. Caso vença por um gol de diferença, a decisão da vaga vai para os pênaltis.

Vale lembrar que, neste ano, o gol fora de casa não vale como critério de desempate.

+ CLIQUE AQUI e veja as chaves da Copa do Brasil

São Paulo x Atlético-PR tem transmissão da Fox Sports. A partir das 18h, você pode acompanhar a partida decisiva em tempo real pelo GloboEsporte.com, com vídeos.

 (Foto: Infografia)

São Paulo – técnico Diego Aguirre

O treinador fez mistério e não revelou a escalção do Tricolor para o jogo. Atrás da virada no placar, ele terá as voltas do quarteto Liziero, Arboleda, Petros e Tréllez. Eles foram poupados da vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, segunda-feira, pelo Brasileirão.

Além deles, Diego Souza é outra novidade entre os relacionados. Barrado por Diego Aguirre contra o Rosario Central, pela Copa Sul-Americana, e fora diante do Paraná, pelo Brasileirão, com uma amigdalite, ele está de volta. Everton, reforço apresentado quarta-feira, não foi regularizado no BID da CBF.

Quem está fora: O goleiro Jean (amigdalite) e o lateral-esquerdo Reinaldo (estiramento no músculo adutor longo da perna direita) não estão à disposição. Já os recém-contratados Carneiro (trabalhos específicos de reforço muscular) e Everton (questões burocráticas) ainda não reúnem condições de jogo.

Atlético-PR – técnico Fernando Diniz

O Atlético-PR de Fernando Diniz defende uma invencibilidade em 2018. Entre Copa do Brasil, Sul-Americana e Brasileirão, são quatro vitórias e três empates. Outro trunfo do Furacão é a força máxima: os quatro jogadores poupados na estreia da Série A estão à disposição.

O técnico Fernando Diniz conta com as voltas dos zagueiros Paulo André e Thiago Heleno, do volante Lucho González e do meia Guilherme, poupados no 5 a 1 sobre a Chapecoense, pelo Brasileirão. Com isso, Zé Ivaldo, Bruno Guimarães, Camacho e Ribamar deixam o time.

Quem está fora: o zagueiro Wanderson, com dores musculares.

Fonte: www.g1.globo.com