Delegado de Ituverava morre por complicações de Covid-19

O delegado da Polícia Civil Márcio Barbosa Macedo

Morreu na madrugada deste sábado, 26, por decorrências do novo coronavírus o delegado da Polícia Civil Márcio Barbosa Macedo, de 55 anos. O delegado que já realizou trabalhos em várias cidades da região, inclusive Franca, estava à frente da delegacia de Ituverava, sua terra natal.

Márcio estava internado em Ituverava desde o dia 15 de setembro. Seu quadro clínico era grave, mas chegou a ficar estável nesta semana. Na madrugada deste sábado, porém, ele acabou não resistindo.

“Meu tio era uma ótima pessoa e fica o exemplo de profissional que era. Um líder aqui na cidade. Quando escrivão, tinha o sonho de delegar na sua cidade natal e conseguiu trabalhar aqui nos últimos anos, fazendo bons trabalhos. Agora fica a saudade”, disse Gerson Fontebassi da Silva, sobrinho do delegado.

Márcio foi sepultado na manhã deste sábado no cemitério municipal de Ituverava. Ele deixa esposa e dois filhos. 

O delegado seccional Wanir Silveira Júnior disse que a perda do delegado é irreparável e que vai ficar a saudade do ótimo profissional e amigo. 

Família
Dr. Márcio Barbosa Macedo era casado com Rosângela Maria Peres de Paula, professora, tinha os filhos João Gabriel e Márcio II