Direção da Fe está discutindo o retorno das aulas presenciais

Para saber a opinião da população a respeito do assunto, as mantidas têm consultado regularmente os alunos e responsáveis

O presidente da FE, César Luiz Mendonça

Com o anúncio da volta às aulas presenciais na rede de ensino de São Paulo, no mês de outubro, a Fundação Educacional de Ituverava informou, nesta semana, em entrevista à Tribuna de Ituverava, que o retorno das aulas presenciais nas instituições mantidas ocorrerá após a liberação do Governo Estadual e das autoridades municipais.
O presidente da FE, César Luiz Mendonça acredita que o retorno das aulas será gradual, conforme observado em outros municípios. Para se informar sobre a questão, a direção da instituição tem consultado regularmente alunos e responsáveis; contudo, muitos têm se mostrado receosos e em dúvida quanto ao regresso às aulas.

Medidas para garantir segurança

O presidente pondera que as opiniões têm se alterado durante o período de pandemia, e para que o retorno tenha o máximo de segurança, um amplo planejamento tem sido elaborado, de acordo com protocolos de segurança baseados em documentos oficiais de diversos órgãos.
“Além disso, toda a equipe de colaboradores está aplicando com grande sucesso protocolos que visam garantir a segurança de todos. De acordo com as especificidades de cada curso e a legislação sanitária e educacional, as mantidas poderão também apresentar atividades presenciais ainda em 2020”, destaca Mendonça.
Com a possibilidade da maioria dos pais optar por não enviar os filhos, as mantidas da FE garantem estar preparadas para dar continuidade ao ano letivo em todas as situações de retorno às aulas.
“Desde o começo da pandemia, a FE utiliza da mais alta tecnologia para ofertar os seus cursos, o que permitirá atendimento às pessoas que por qualquer motivo não retornem às atividades presenciais”, destaca César Mendonça.

Aulas remotas continuam para todos os cursos da FE

O presidente não descartou a possibilidade do retorno das atividades presenciais apenas em 2021, e também ressaltou que as aulas remotas continuam para todos os cursos, até que as atividades sejam retomadas em sua totalidade.
“Nós, instituição de ensino privada, nos organizamos melhor para atender as necessidades de nossos alunos, e assim que nos deparamos com o cenário de isolamento, passamos a disponibilizar aulas de modo remoto, com conteúdo síncrono através de plataformas especiais, garantindo assim a qualidade de ensino já conhecido em nossas mantidas”, observa o presidente.
“Evidenciando, assim, reduzir ao máximo as perdas no processo de aprendizagem durante o anormal ano de 2020”, completa César Luiz Mendonça, presidente da Fundação Educacional de Ituverava.