Emicida celebra ‘10 anos de triunfo’ em gravação de DVD com Caetano

“10 anos de triunfo” é o festivo e autoexplicativo título do primeiro CD ao vivo e DVD solo da carreira do rapper paulistano Emicida. A gravação ao vivo aconteceu na noite de 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, em show na casa Audio, em São Paulo.
Elenco estelar de convidados, formado por nomes como Caetano Veloso e Vanessa da Mata, subiu ao palco para fazer duetos com o cantor e compositor.
Tanto Caetano como Vanessa cantaram músicas que gravaram com Emicida no último álbum solo do rapper “Sobre crianças, quadris, pesadelos e lições de casa”, lançado há dois anos.
Além de ter regravado Haiti (Caetano Veloso e Gilberto Gil, 1993) com Emicida, para ressaltar que o Haiti ainda é aqui no Brasil, Caetano reiterou a sensualidade afro de “Baiana” (Emicida e DJ Dhu, 2015), música que exalta a Bahia negra e uma negra baiana, musa amada retratada da letra da composição.

Voo pop 

Já Vanessa refez com Emicida o voo pop de “Passarinhos” (Emicida e Xuxa Levy, 2015), música que, com leveza e suingue próximo do reggae, aborda a densa questão dos que vagam sem teto na selva das cidades.
MC Guimê, Karol Conka, Pitty, Rael, Prettos, Fióti e Jota Ghetto também integraram o elenco da gravação, completado por Drik Barbosa, Coruja BC1, Rashid, Rico Dalasam, Muzzike, Amiri e Raphão Alaafi, rappers que se juntaram em dos num dos números da parte final do show, Mandume. O lançamento do DVD “10 anos de triunfo” está previsto para o primeiro semestre de 2018.