Emposada diretoria da Guarda Mirim para 2019/2020

Presidente é a professora aposentada e perita criminal Cristina Márcia Wolf Evangelista em processo de aposentadoria  

Solenidade de posse da nova diretoria da Guarda Mirim; presidente será a professora aposentada e perita criminal Cristina Márcia Wolf Evangelista

Foi empossada na última quarta-feira, 16 de janeiro, a nova diretoria da Guarda Mirim de Ituverava – entidade mantida pelo Rotary Club – para o biênio 2019/2020. A nova presidente é a professora aposentada e perita criminal em processo de aposentadoria, Cristina Márcia Wolf Evangelista, que substitui o Tabelião Carlos Fernando Perez Flores, que fez um ótimo trabalho. Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, Cristina fala sobre suas expectativas em relação ao cargo. “Assumir a presidência da Guarda Mirim é um grande desafio. Estou ciente que esse cargo a mim confiado é de muita responsabilidade, mas também uma grande oportunidade, uma vez que sempre me preocupei com o bom encaminhamento dos nossos jovens”, afirma. “Primeiramente, tentaremos dar continuidade ao excelente trabalho que já estava sendo desenvolvido pela gestão anterior. Em um segundo momento, o objetivo será ampliar as modalidades de cursos oferecidos para os nossos meninos”, ressalta.
Ainda segundo ela, dentre os projetos que estão sendo desenvolvidos pela Guarda Mirim atualmente está o curso de auxiliar administrativo, com carga horária de 480 horas teóricas e 800 horas práticas, totalizando 1280 horas de aprendizado.
“O curso abrange desde disciplinas específicas até disciplinas como Português, Matemática e noções sobre segurança do meio ambiente, segurança pública, segurança no trabalho e uso indevido de álcool, tabaco e outras drogas”, explica. “Além da formação específica, o curso contribui para a formação do nosso jovem. Saliento ainda que as aulas práticas são remuneradas, por meio através de convênios com a Prefeitura, Fundação Educacional de Ituverava e empresas”, destaca.

Importância da Guarda Mirim
Cristina convida a sociedade para colaborar com a Guarda Mirim, que desenvolve um importante trabalho social na cidade. “Gostaria de aproveitar a oportunidade para conclamar a todos ituveravenses para que colaborem com a Guarda Mirim. Trata-se de um projeto do Rotary Club de Ituverava, mas acredito que seja de interesse de toda a comunidade”, enfatiza. “Tenho certeza que todos nós temos interesse em dar um bom encaminhamento para a juventude, para que esses jovens possam se tornar melhores cidadãos. Com isso, ganham os jovens, porque com certeza terão melhores chances profissionais em suas vidas, e a sociedade como um todo, por ter acolhido os meninos”, completa Cristina.

Presidente
A professora aposentada e perita criminal em processo de aposentadoria, Cristina Márcia Wolf Evangelista, 57 anos, é casada com Carlos Sarmento Evangelista.

Diretoria da Guardam Mirim 2019/2020

Presidente: Cristina Márcia Wolf Evangelista
Vice-presidente: Carlos Fernando Peres Flores
1° tesoureira: Edna Maria Barbosa de Matos
2° tesoureiro: Valentim Lance
1ª secretária: Ana Thereza Couto Alves
2° secretário: Sérgio Roberto Chicote
Diretor de Patrimônio: Amauri Faria de Oliveira
Diretora social: Jaqueline Freitas Matos
Conselho Fiscal: Márcio Pereira, André Luiz dos Santos e Jailza Bartolomeu Pessoas  

Presidente do Rotary Club de Ituverava destaca a importância da Guarda Mirim 

Em seu discurso, a presidente do Rotary Club de Ituverava, Eny Lucas Souza Roma, destaca a relevância do trabalho prestado pela Guarda Mirim e deu as boas-vindas à nova presidente.
“Na qualidade, de presidente deste clube, e também fundadora da Guarda Mirim de Ituverava, estou muito feliz com a posse da nossa nova presidente para o biênio 2019/2020, Cristina Márcia Wolf Evangelista, que inicia seus trabalhos a partir de hoje.
Quero desejar-lhe tranquilidade e sabedoria, no desempenho desta tão nobre missão. Quero que você, Cristina, e toda sua diretoria, contem sempre com esta presidência e todos os companheiros deste clube, que honrosamente é patrocinador desta entidade.
Não posso deixar de dizer a você também, que com a sua elevada experiência e reconhecidas qualidades, morais e intelectuais, desempenhara com segurança e muita eficiência, um mandato, firme, transparente e bem organizado.
Desejo de coração que sejam, dois anos de muito amor e dedicação, de toda esta diretoria maravilhosa que você compôs.
Nossa Guarda Mirim de Ituverava foi fundada em um 1991, estando hoje com 28 anos. Tenho certeza que vamos completar 30 anos com uma linda comemoração juntamente com esta diretoria. Mais uma vez parabéns e muito sucesso! Que Deus os abençoe, todos os dias dessa nova etapa, que se inicia hoje”.

FE oferece bolsas de estudo para alunos de menor poder 

Quem sonha cursar o Ensino Superior na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) e na Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), terá a oportunidade. As instituições mantidas pela Fundação Educacional de Ituverava estão oferecendo bolsas de estudos parciais (50%), em 10 cursos de graduação para alunos de baixa renda.
As inscrições para o processo seletivo já estão abertas e a prova está marcada para o dia 9 de fevereiro, às 9h, na FE, na Rua Coronel Flauzino Barbosa Sandoval, 1259 – Centro. Com a concessão de bolsas, a instituição cumpre os critérios da Lei da Filantropia nº 12.101/09, que utiliza a análise socioeconômica para concessão de benefícios. Serão oferecidas 30 bolsas de estudos para os cursos: Agronomia (1), Medicina Veterinária (1), Direito (10 – 5 para o período Diurno e 5 para o período Noturno), Ciências Contábeis (6), Administração (3), Enfermagem (4), Engenharia de Produção (1), Engenharia de Mecânica (1), Engenharia Civil (2) e Pedagogia (1).
Como participar
Para concorrer às bolsas parciais, além de ser aprovado no processo seletivo, os candidatos devem atender os requisitos obrigatórios, tais como, estar devidamente matriculado em um dos cursos oferecidos em ambas as instituições e apresentar a situação socioeconômica prevista na Lei da Filantropia através do cadastramento no Cadúico, que é o Programa do Governo Federal para pessoas de baixa renda. As bolsas são destinadas exclusivamente para estudantes que estão ingressando em um dos cursos de graduação das instituições neste ano.

Processo seletivo
A prova será composta por 40 questões de múltipla escolha – 20 de Língua Portuguesa e 20 de Matemática -, englobando conteúdos relativos ao Ensino Médio.