Ex-motorista e voluntários distribuem marmitas a caminhoneiros

Entrega de marmitas aos caminhoneiros

O exemplo da solidariedade que moveu os voluntários do grupo Mãos Dadas tem se espalhado. Voluntários se mobilizaram e formaram um grupo liderados pelo ex-caminhoneiro Paulo César de Oliveira, e estão distribuindo comida e água para caminhoneiros.
A iniciativa aconteceu dia 30 de março, no pátio do Auto Posto 2000, às margens da Rodovia Anhanguera, e contou com apoio da Polícia Rodoviária. As marmitas foram arrecadadas através de doações que começaram por meio de grupos do Facebook e WhatsApp.
“Trabalhei a minha vida inteira como motorista de ônibus e caminhoneiro, portanto, conheço a realidade desses trabalhadores e já senti na pele, como é passar fome, ter problemas de saúde em casa ou transitando pelas rodovias”, afirma o ex-caminhoneiro.
Dificuldade dos profissionais
“Conversei com um amigo que continua na ativa que me relatou a dificuldade que a classe está passando nesse momento, com a reduzida quantidade de bares e restaurantes em funcionamento ao longo das rodovias, em decorrência da quarentena. O fato me tocou e motivou a organizar essa ação e, graças a Deus, tive a felicidade de contar com a colaboração de várias pessoas que abraçaram a causa”, afirma Oliveira.
“Além disso, escolhi esse público alvo pela dificuldade de acesso aos centros urbanos devido ao tamanho do veículo. Além do mais, atualmente, a maioria dos caminhões conta com um dispositivo de segurança, que é controlado pela empresa, ou seja, se o caminhão sair da rota corre o risco de ser bloqueado, o que dificulta a alimentação dos motoristas”, observa.
Feliz com a repercussão positiva da ação e com a sensação de felicidade em ajudar o próximo, ele relata a reação dos caminhoneiros com o gesto. “Foi uma sensação maravilhosa e emocionante, tanto para nós quanto para eles. Teve caminhoneiro que sorriu, emocionou-se, agradeceu e alguns até pediram para tirar foto”.

Nova distribuição de marmitas acontece na segunda

“Ontem, 3 março, mobilizamos novamente e entregamos mais de 80 marmitas e água mineral”, conta o ex-caminhoneiro.
Na segunda-feira, 6 de março, os voluntários também realizarão a distribuição de uma nova remessa de marmitas. O local e horário serão divulgados nas redes sociais nos próximos dias.
“Aproveitando a oportunidade, agradeço a todos que têm se sensibilizado com a nossa iniciativa e têm contribuído através da doação de marmitas e água, em especial, a um grande amigo que doou cerca de 10 fardos de água”, agradece Paulo César de Oliveira.