Experiência profissional é o mais relevante no currículo

O campo de experiências profissionais é o primeiro item observado em currículos, segundo pesquisa com recrutadores da Catho.
O levantamento apontou que o histórico é o primeiro item observado em currículo, segundo 58% dos recrutadores entrevistados. Em seguida vem o objetivo profissional (19%) seguido por formação acadêmica.
Para Bianca Machado, gerente sênior de Catho, parte dos candidatos não preenche o campo das experiências profissionais de forma correta. Ela considera que o mais relevante a ser explorado no campo experiências profissionais são os resultados que o candidato trouxe ao longo de sua trajetória na empresa.
Segundo Bianca, mais do que relatar atividades e atribuições, traduzir os resultados alcançados para o currículo é mais relevante e atraente para o recrutador.

Atenção dos empregadores
Dentre os itens que chamam a atenção dos empregadores estão: como o candidato proporcionou crescimento ao seu setor; propostas de melhorias na área ou na empresa e metas alcançadas e seus diferenciais que levaram ao sucesso de algum projeto.
“Para o recrutador essas informações são muito ricas e permitem que o candidato se destaque em meio aos outros concorrentes”, afirma.
Além de ressaltar pontos importantes, a pesquisa também apontou os principais fatores de eliminação dos candidatos. Em primeiro lugar estão os erros de português (34%), seguido por falta de experiência (25%), ausência de objetivos profissionais (10%) e distância entre o candidato e a empresa (9%).