Flashcards auxiliam em preparação para o Enem

Assim como os mapas mentais, recentemente abordados em reportagem do Tribuna Teen, o Flashcard é uma técnica que pode ser utilizada para os estudos, especialmente por quem deseja memorizar melhor alguns assuntos.
Com ele é possível estudar qualquer matéria e, além do Enem, o método é excelente para quem está se preparando para concursos públicos e demais vestibulares. Os flashcards são pequenos cartões em que se relacionam conceitos através de um sistema de perguntas e respostas para memorizar um conteúdo.
Para montar flashcards é preciso fazer pequenos cartões, com cartolina ou material semelhante. Em um dos lados, você insere uma pergunta ou palavra-chave. No outro, você escreve a resposta. Se for fazer flashcards para diversas matérias, você pode utilizar os cartões de cores diferentes para cada uma.
Os flashcards são utilizados por estudantes do mundo inteiro há aproximadamente dois séculos, a sua popularidade se ampliou devido à eficiência para memorização de forma acessível e eficaz.
E não é na base do achismo apenas, existe ciência por trás desses cartões tão simples e produtivos.
A eficiência está relacionada ao processo natural de esquecimento do cérebro humano.
Isso porque ao aprender algum assunto novo, o conteúdo é assimilado. No entanto, de acordo com a curva do esquecimento, criada por Hermann Ebbinghaus, primeiro autor na psicologia a desenvolver testes de inteligência, a memória de curto prazo se perde em poucos dias.
Para evitar isso é preciso praticar a técnica da repetição espaçada, que é nada menos que a revisão das informações que foram aprendidas e você deseja memorizar. Por isso, os flashcards são tão eficientes.
Como utilizar os flashcards para estudar de maneira eficaz
O estudo com flashcards é simples, e você pode começar a praticá-lo em poucos minutos. Para garantir uma memória de longo prazo e otimizar a aprendizagem com flashcards, Confira estas dicas:  

1. Use cores e imagens diferentes no esquema de cada flashcard
A estratégia de memorização mais eficiente é relacionar as informações que você está aprendendo a coisas que você já conhece, mas com um toque descontraído.
Misture biologia com imagens de unicórnios, palavras com cores, números com pessoas que você conhece… Use a sua criatividade.
Quanto mais chocante, hilária ou chamativa for a representação de um conceito, maiores são as chances de você lembrá-lo na hora da prova.
Use tudo o que estiver ao seu alcance: imagens engraçadas, cores vibrantes e textos destacados. A sua missão é criar um esquema gráfico inesquecível.

2. Elabore flashcards diretos e com um tamanho fácil de manusear
Cada flashcard que você criar deve estar limitado a apenas uma ideia ou um conceito. Quanto mais informações você inserir, mais difícil será o processo de aprendizagem.
Mas isso não significa que você não pode criar vários flashcards. Muito pelo contrário. Elabore um cartão para cada informação que você precisa memorizar, sempre variando as cores, as imagens e os formatos textuais.
Outro ponto importante é o tamanho dos seus cartões. Apesar das dimensões não influenciarem a memorização diretamente, é importante escolhê-las adequadamente para não tornar os seus estudos uma tarefa complicada e desconfortável.
O ideal é que seus flashcards sejam fáceis de manusear e caibam na palma da sua mão.

3. Organize uma tabelinha de revisão e programe seus horários
Lembra da técnica da repetição espaçada? Agora que você já sabe como ela funciona, vai ser mais fácil criar a sua programação de estudos e revisões de cada flashcard.
A frequência de estudos e os intervalos entre a revisão dos seus flashcards depende do tempo que você tem disponível e do tamanho do conteúdo. Se for possível, use os seus flashcards todos os dias.
Depois que você criar os cartões, basta organizar uma tabelinha de revisão de acordo com a dificuldade que você sentiu para lembrar a resposta de cada um.
Uma boa ideia é rever diariamente os conceitos que você tem mais dificuldade de memorizar.
Quando você acertar a resposta de forma parcial ou demorar mais tempo para se lembrar do conceito, é interessante que você faça a revisão a cada três dias.
Já tem a resposta na ponta da língua? Isso é ótimo, pois significa que você provavelmente criou uma memória de longo prazo. Sendo assim, você pode rever o conceito semanalmente.
Programar um horário específico para que você se dedique à memorização dos flashcards é uma excelente ideia. A escolha do melhor horário depende do relógio biológico – o ciclo circadiano – de cada pessoa. Por isso, faça o seu planejamento levando em consideração os períodos em que você se sente mais disposto e alerta.