Fórmula 1 volta na Inglaterra dia 14 de julho

Max Verstappen tem palavras bonitas para Charles Leclerc, ultrapassado e derrotado nas voltas finais do GP da Áustria. O holandês ainda vê o monegasco como um grande piloto, com talento suficiente para superar novo resultado decepcionante e alcançar a primeira vitória na Fórmula 1 ainda na temporada 2019. “Está tudo bem entre nós. Somos pilotos, conheço o Charles há muito tempo e tenho certeza que este ano ele vai conseguir sua primeira vitória também”, disse Verstappen. “É preciso aceitar [o resultado]. Claro que é decepcionante perder a primeira vitória nas últimas voltas, já perdi poles e foi muito doloroso. Ano passado, por exemplo, meu fim de semana em Mônaco foi horrível”, recordou.
Verstappen e Leclerc se enfrentaram na volta 69 do GP da Áustria. O holandês mergulhou na curva 3, tomando a liderança. Os dois bateram rodas, o que fez o monegasco ir para a área de escape. A situação caiu na mão dos comissários, que passaram horas deliberando sobre a possibilidade de punir Max por não dar espaço suficiente. No fim das contas, o piloto da Red Bull pôde manter a posição mais alta no pódio.

Liderança

Leclerc perdeu a liderança após comandar o GP da Áustria desde as primeiras voltas. A decepção remete ao GP do Bahrein, quando Charles também foi derrotado de forma dolorosa – no caso, pelo próprio motor, que apresentou problemas e permitiu triunfo de Lewis Hamilton.
A próxima chance de vitória para Charles é no GP da Inglaterra. A corrida de Silverstone está marcada para o dia 14 de julho.