Gincana do Anglo arrecada mais de 2.000 litros de leite

Alunos e equipe do Colégio Van Gogh – Anglo com o leite arrecadado

Desde o mês de junho, o Colégio Van Gogh – Anglo está promovendo mais uma gincana cultural, este ano com o tema “Movimentos Culturais do 3º Milênio”.
Estão participando cerca de 300 alunos, do 1° e 2° anos do Ensino Médio, que foram divididos em equipes azul e branca. O evento se estende até o dia 18 de outubro, quando será anunciada a equipe vencedora, após a realização de todas as provas e contagem dos pontos.
O objetivo do evento cultural, segundo a direção do Colégio Anglo, é promover a integração da comunidade escolar, estimular o espírito de união, solidariedade, competitividade de forma saudável, espírito esportivo, criatividade, e motivação, além do intercâmbio de experiências entre os estudantes.
São mais de 30 provas divididas de acordo com idade e turma, como eleger a equipe que mais fizer as atividades no aplicativo Plural – plataforma educacional do sistema Anglo exclusiva para alunos -, show de talentos, conhecimentos culturais, dança e esportes.

Prova solidária

Durante o evento também sendo realizadas provas solidárias, que visam a arrecadação de agasalhos e donativos, como a que aconteceu em três dias na semana passada, que resultou na arrecadação de mais de 2.000 litros de leite longa vida,.
As doações foram destinadas para quatro instituições: Grupo Asa, Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ituverava, Abrigo dos Idosos Comendador “Takayuki Maeda” e Creche Nossa Senhora do Carmo.
A diretora do Colégio, Sandra Nogueira Ignácio Costa, agradece o empenho dos alunos e a colaboração dos familiares e da população ituveravense que contribuiu com as doações.
“Em três dias foram arrecadados 2.150 litros de leite, que foram entregues na terça-feira, dia 13 de agosto, para a APAE, Abrigo dos Idosos e Grupo ASA e, na quarta-feira, dia 14, para a Creche Nossa Senhora do Carmo. Ficamos muitos satisfeitos com o desempenho dos alunos que aderiram à campanha e trabalharam com muito prazer, tendo a percepção do verdadeiro sentido da prova solidária”, observa a diretora.