Idosa de 70 anos recebe alta após mais de 40 dias internada com a Covid-19

Ao receber alta, dona Maria Conceição Moreira da Silva, que reside na cidade de Miguelópolis foi recepcionada com aplausos, cartazes, balões e muita alegria

Maria Conceição Moreira da Silva, deixou a Santa Casa com aplausos, cartazes, balões e muita alegria

Competência, dedicação e amor a medicina é o que demonstra a equipe da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Ituverava ao dar alta a primeira paciente internada com Covid-19.
É preciso ressaltar o trabalho da diretoria, corpo clínico e enfermagem da Santa Casa de Ituverava, o Poder Público e a Comissão Municipal de Enfrentamento ao Covid-19, que não têm medido esforços para recuperar as pessoas infectadas pelo novo coronavírus e conter o avanço da doença em Ituverava.
Internada há cerca de 46 dias, uma das primeiras pacientes na Santa Casa de Ituverava com o novo coronavírus, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na terça-feira, 27 de maio e recebeu alta hospitalar. O nome dela é Maria Conceição Moreira da Silva, mas poderia ser “Vitória”.
Da cidade de Miguelópolis, a paciente de 70 anos, que voltou ao aconchego do seu lar, tinha grandes chances de não resistir a Covid-19, pois fazia parte do grupo de risco pelo histórico de comorbidades, como hipertensão, diabetes, hipotireoidismo e obesidade, além de ser ex-fumante.

Histórico
Inicialmente internada em Miguelópolis no dia 11 de abril, em virtude de falta de ar e obstrução nas vias aéreas, ela teve de ser transferida três dias depois para a Santa Casa de Ituverava, devido ao agravamento de seu quadro de saúde.
Desde então, a idosa travou uma árdua batalha contra a doença. Após testar positivo para Covid-19, foram longos dias de luta, momentos de tristeza e desespero da família, mas também de esperança, fé, carinho e cuidados, principalmente por parte de toda a equipe da Santa Casa de Ituverava, que não mediu esforços para reverter o quadro clínico de dona Maria Conceição.
Após dar entrada na UTI da Santa Casa, seu quadro evoluiu para insuficiência respiratória aguda grave, o que a levou a dependência de ventilação mecânica artificial (respirador) por 21 dias.

Nova chance
Neste período, a paciente sofreu três paradas cardíacas e foi reanimada pela equipe médica. “Todos sabiam que a vontade de viver de dona Maria era maior que o vírus, portanto, a palavra desistir não era uma opção”, afirma a administradora da Santa Casa, Cláudia Maria Carrera Frata. “Foram necessárias altas doses de infusão de medicamentos, sondas, drenos e dispositivos invasivos de alta complexidade para que ela não sucumbisse”, explica.
“Portanto, é com imenso prazer e alegria que nós, da diretoria executiva da Santa Casa de Misericórdia de Ituverava, juntamente com o Conselho Administrativo, corpo clínico e demais colaboradores, informamos que toda a nossa luta e a vontade de viver de dona Maria Conceição, valeram a pena”, destaca Claúdia.

Comemoração
Ao receber alta, dona Maria foi recepcionada por profissionais de saúde da Santa Casa e familiares, que comemoraram a sua vitória contra a Covid-19 com aplausos, cartazes, balões e muita alegria.
Após longos 45 dias de internação, o neurologista Dr. Luiz Monteiro de Barros Neto, coordenador da ala Covid da Santa Casa de Ituverava, ressalta o sentimento de alegria do dever cumprido. “A paciente vai para casa recuperada e livre da Covid-19 e nos deixa a mensagem que jamais devemos perder a esperança e a fé em Deus”, afirma.
O médico do corpo clínico e diretor técnico da Santa Casa, Dr. Gonçalves Dias parabeniza a paciente. “Parabéns dona Maria Conceição, se há uma palavra que podemos defini-la, é VITORIOSA”, elogia.
“Nós, da Santa Casa de Misericórdia de Ituverava, vamos continuar a cumprir nossa missão de prestar assistência hospitalar humanizada e com qualidade”, completa Dr. Gonçalves Dias.

Gratidão
Emocionado, um dos filhos da paciente Rodrigo Moreira da Silva, agradece a Santa Casa e toda sua equipe. “Desde o primeiro dia de internação, minha mãe sempre foi tratada com enorme carinho. Agora, ela tem uma nova família formada pelos anjos da Santa Casa e nós recebemos uma nova mãe”, emociona-se Rodrigo.

Pacientes recuperados

Segundo boletim epidemiológico de quarta-feira, 27 de maio, já foram recuperados em Ituverava quatro pacientes com Covid-19. Desse número, dois estiveram internados na Enfermaria da Ala Covid da Santa Casa.
Vale ressaltar que o caso de dona Maria não entra na estimativa de recuperados de Ituverava, uma vez que se trata de uma paciente de outra cidade.