Instalado novo aparelho de Tomografia na Santa Casa

Mais preciso e eficiente, o equipamento realiza exames com alta performance, maior qualidade de imagem e rapidez  

Aparelho de Tomografia da Santa Casa. No destaque, o presidente Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”) na assinatura do contrato para aquisição do aparelho

Na última semana, a Santa Casa de Ituverava deu mais um importante passo para a melhoria da saúde em Ituverava, instalando um novo e moderno aparelho de Tomografia.
Mais preciso e eficiente, o novo equipamento de Tomografia Computadorizada de 64 cortes, da marca Siemens, fabricado na Alemanha, possibilita a realização de exames com alta performance, que proporciona melhor qualidade de imagem.
O aparelho, no valor de aproximadamente US$ 370 mil dólares, cerca de R$ 1,5 milhão, só foi possível devido ao trabalho do vereador e médico Dr. Antônio Sérgio Cardoso Telles junto ao deputado Baleia Rossi e do senador Airton Sandoval, que empenharam emendas em favor da Santa Casa .
Além da maior qualidade e rapidez, o equipamento oferece, entre outros benefícios, uma abordagem mais humanizada aos pacientes, submetendo-os a menores doses de radiação.
O tomógrafo será operado pela equipe de Radiologia e Diagnóstico por Imagens da Santa Casa se de Misericórdia, formada pelos competentes médicos Dr. Rogério Silva Pereira, Aldo Benjamim Rodrigues Barbosa e Flávio Cardoso Pereira.
Diagnóstico precoce
O presidente da Santa Casa de Ituverava, Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”), fala sobre o aparelho. “É um equipamento moderno e de extrema importância, pois sabemos que é essencial investir em diagnóstico precoce, pois uma doença identificada com rapidez pode tornar o tratamento mais eficaz, rápido e menos invasivo”, destaca.
Segundo Busa, o diagnóstico precoce é uma preocupação antiga da instituição. “Prova disso é que o nosso primeiro tomógrafo foi uma doação do empresário Takayuki Maeda feita há muitos anos, quando já compreendíamos a importância do diagnóstico precoce, tanto para a saúde do paciente quanto para diminuir de forma significativa os custos gerados pela doença agravada”, afirma.
Vantagens
A administradora da Santa Casa, Cláudia Maria Carreira Frata enumera as vantagens do novo equipamento. “Vale ressaltar que o diagnóstico é bem mais preciso, assim como a qualidade da imagem. Outra questão relevante é a rapidez, pois o tempo do exame, chamado de ‘cortes’, é infinitamente menor do que o aparelho que a Santa Casa dispunha. Com o novo tomógrafo os exames serão rápidos, pouco invasivos e com uma qualidade de imagem muito superior”, explica.
“Esse é o terceiro aparelho da Santa Casa, sendo que o primeira foi doado pelo Grupo Maeda e, posteriormente, trocado com recursos da própria Santa Casa. É bom lembrar que aparelhos de alta tecnologia ficam defasados, sendo sempre necessária a renovação”, afirma.
Assistência técnica
Assim que chegou ao Brasil, o aparelho foi entregue à Santa Casa pela empresa fornecedora – a Siemens, que também foi responsável pela assistência técnica, como instalação, calibração e orientação para a equipe responsável pela operação do aparelho.
“Os profissionais que vão operar o novo aparelho de tomografia, estão passando por treinamento. A Santa Casa também está contratando biomédicos, profissionais de nível universitário, cuja grade curricular consta a disciplina de imagens”, destaca a administradora.
“A meta é que em um curto espaço de tempo, os biomédicos operem esses aparelhos modernos de alta tecnologia e, alguns deles, já estão em treinamento”, afirma.
Atendimento
Segundo Cláudia, os exames no novo aparelho estão disponíveis para todos os tipos de atendimento, como Sistema Único de Saúde (SUS), particular e convênios. “É importante lembrar que o SUS possui cotas, e que estamos firmando convênio com diversos municípios, inclusive fora da nossa região de atuação.
“Vários municípios estão nos procurando para firmarmos contratos, para oferecermos esse tipo de serviço. Portanto, as perspectivas são muito boas”, ressalta.

Novo serviço

O equipamento é mais um importante reforço para um novo serviço que a Santa Casa está pleiteando. “A tromboembolização para Acidente Vascular Cerebral (AVC). Se o paciente sofre um AVC isquêmico, estando aqui em até duas horas, poderá ser feito um tratamento que não deixa sequelas”, explica Cláudia Frata.
“O AVC deixa muitas sequelas, e essa rapidez diminui de 80 a 90% a incidência delas. Outra boa notícia é que já está adiantado o processo de credenciamento junto ao Ministério da Saúde. Também, firmamos parceria com Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HC) que oferecerá apoio técnico para a elucidação do diagnóstico e indicação do tratamento.
“Este procedimento oferecerá condições para um tratamento bastante preciso, pois a segunda opinião será de profissionais do próprio HC”, completa Cláudia Frata.

Equipamento traz conceito tecnológico e humanizado 

Em entrevista à Tribuna de Ituverava, quando esteve em Ituverava, o representante da Siemens, Hugo Spera falou sobre o novo aparelho, que oferece entre outros benefícios, uma abordagem mais humanizada aos pacientes, submetendo-os a menores doses de radiação.
“O conceito desse equipamento, que inclusive ganhou um prêmio na maior feira de radiologia do mundo, RSNA (Sociedade Radiológica da América do Norte), em Chicago, tem uma nova proposta da área de radiologia, priorizando a humanização no atendimento do paciente, com uma abordagem diferenciada”, explica o representante da Siemens, Hugo Spera.
“A máquina foi elaborada partindo do princípio de que o paciente faz vários exames radiológicos ao longo da vida, então, quanto menos doses de radiação ele receber, menos riscos ele terá de desenvolver alguma doença devido exposição à radiação”, afirma.

Novo aparelho é o mais moderno no segmento 

Novo equipamento de Tomografia Computadorizada de 64 cortes instalado na Santa Casa

Os médicos Dr. Rogério Silva Pereira, Dr. Aldo Benjamim Rodrigues Barbosa e Dr. Flávio Cardoso Pereira, responsáveis pela área de Radiologia e Diagnóstico por Imagem da Santa Casa de Ituverava, destacam que o equipamento é o que há de mais moderno neste segmento. “Hoje, existem no mercado várias tecnologias de tomografia, a mais avançada se chama Multi Slice, cujas imagens são em vários cortes”, afirmam.
“A potência do tomógrafo é estimada de acordo com os canais que determinam a quantidade de cortes que ele é capaz de fazer em determinado tempo, ou seja, quanto mais canais, melhor o equipamento”, observam.
“A Santa Casa possuía um equipamento de dois canais e, hoje, dispomos de um com 64 canais, basicamente é o que existe de tecnologia mais moderna no mercado. Aparelhos mais avançados são encontrados apenas nas capitais. É um grande avanço para Ituverava, e desconhecemos alguma cidade próxima que disponha desse tipo de aparelho”, ressaltam.

Importante reforço

O vereador e médico pediatra, Dr. Antônio Sérgio Cardoso Telles, que solicitou verbas para a aquisição do aparelho, ressalta que ele será um importante reforço para a melhoria no atendimento oferecido pela Santa Casa.
“Essa nova aquisição da Santa Casa, adquirida através de emenda parlamentar do deputado federal e do senador do MDB, Baleia Rossi e Ayrton Sandoval, é um aparelho da Siemens, de 64 canais, que dificilmente é encontrado na região. Algumas cidades da região de Ribeirão Preto e Uberaba podem até dispor de algum equipamento semelhante, porém não superior ao que conquistamos para a Santa Casa”, afirma.
“Além dele explorar totalmente outras regiões do corpo, tipo os órgãos centrais, como crâneo, osso, abdômen, explora também a parte vascular. É algo inovador que traz diversos benefícios aos pacientes, uma vez que eles receberão menos doses de radiação e a qualidade da imagem é bem superior a do tomógrafo antigo”, explica.
“Em meu nome como membro do MDB e presidente do partido em Ituverava, da população e da Santa Casa agradeço ao deputado e ao senador pela verba destinada a Ituverava. Seremos eternamente gratos”, agradece o Dr. Antônio Sérgio.

Outras vantagens
Eles ainda destacam as vantagens do novo Tomógrafo. “Conseguiremos realizar um número maior de exames com maior nitidez e, dessa forma, diagnosticar muitas patologias que antes não era possível serem identificadas, devido ao número de canais”, enfatizam
“Para os pacientes os benefícios vão desde a rapidez do exame, resolução de imagem, melhoria no diagnóstico até menor radiação, uma vez que o aparelho é dotado de um sistema de inteligência artificial e realiza os exames de forma diferenciada e adequada ao perfil de cada paciente. Por exemplo, antes todos recebiam a mesma dose de radiação”, disseram.
“O equipamento poderá ser utilizado em diversas áreas, como neurologia, ortopedia, medicina interna, vascular, etc.”, completam.