Ituverava registra 4ª morte por Covid-19

Sexta-feira, município confirmou mais 12 casos, chegando a 161

Ituverava registrou, ontem, sexta-feira, a quarta morte por Covid-19. Segundo o Boletim Epidemiológico divulgado sexta-feira, 31 de julho, foram registradas 2090 notificações, 54 investigados, 982 monitorados, 1.098 negativos, 619 descartados, 112 recuperados e 161 casos positivos da doença. Somente ontem foram confirmados mais 12 casos, fechando a 161 positivos.
Ainda segundo o Boletim, pacientes de Ituverava internados na Santa Casa (SUS) – 1 suspeito na UTI, e Não SUS – 1 positivo na Enfermaria e 1 positivo na UTI.
Já pacientes de outros municípios, na Santa Casa (SUS) – 1 positivo e 3 suspeitos na Enfermaria; Na UTI – 8 positivos e 3 suspeitos; e Não SUS – na Enfermaria, 1 suspeito e 1 positivo. No Hospital São Jorge havia 1 suspeito na Enfermaria.

Casos de Covid-19 na região
Dados levantados pela Tribuna de Ituverava na manhã de ontem, sexta-feira, 31 de julho, apontam um grande avanço da Covid-19 na região ao longo desta semana. Em um período de sete dias – de 23 a 30 de julho – o número de casos nas 66 cidades da região de Ribeirão Preto e Franca saltou de 25.286 para 29.754, o que representa um aumento de 4.468 casos, ou 17,66%. Já o número de mortes passou de 732 para 876 (aumento de 19,67%).
Segundo número o Boletim Epidemiológico quarta-feira, 29 de julho (o de quinta-feira não saiu), em Ituverava, no mesmo período, os casos passaram de 131 para 149 (13,74%) e o número de óbitos saltou de um para três. A cidade ainda tem 932 pacientes monitorados, 56 investigados, 112 pacientes recuperados, 876 negativos e 565 descartados.
No momento, existem 12 pacientes internados na UTI da Santa Casa (10 pelo SUS e 2 não SUS), 4 na enfermaria (3 pelo SUS e um não SUS) e dois na enfermaria do Hospital e Maternidade de Ituverava – São Jorge

Microrregião
Na microrregião, Ituverava tem o quinto maior número de casos, atrás de São Joaquim da Barra (400 casos e 9 mortes), Orlândia (488 casos e 18 mortes), Igarapava (202 casos e 9 mortes) e Miguelópolis (151 casos e 6 mortes). Em seguida vêm Guará (89 casos e 2 mortes), Aramina (56 casos e 4 mortes), Buritizal (52 casos e 2 mortes) e Jeriquara (9 casos).
As duas maiores cidades da região – Ribeirão Preto e Franca – têm, respectivamente, 13.421 casos e 363 mortes e 1.200 casos e 31 mortes. De todos os 66 municípios nessa área, apenas Ribeirão Corrente não tem casos da doença.

Orientação
Diante desse aumento, é importante que a população respeite as orientações das autoridades, que se use máscaras de proteção, saia de casa apenas se for necessário e evite aglomerações. Esses gestos, mesmo que pareçam difíceis, são essenciais para evitar a propagação da doença, que, infelizmente, tem uma alta taxa de letalidade.

CASOS DE COVID-19 NA REGIÃO

Altinópolis: 112 casos, cinco mortes
Aramina: 56 casos, quatro mortes
Barretos: 2.176 casos, 78 mortes
Barrinha: 437 casos, 14 mortes
Batatais: 270 casos, 12 mortes

Bebedouro: 389 casos, 18 mortes
Brodowski: 225 casos, 12 mortes

Buritizal: 52 casos, duas mortes
Cajuru: 218 casos, três mortes

Cândido Rodrigues: 22 casos, duas mortes
Cássia dos Coqueiros: 39 casos
Colina: 102 casos, oito mortes

Colômbia: 23 casos, uma morte
Cravinhos: 150 casos, 12 mortes
Cristais Paulista: 19 casos
Dobrada: 22 casos
Dumont: 161 casos, uma morte
Fernando Prestes: 43 casos, duas mortes
Franca: 1.200 casos, 31 mortes
Guaíra: 336 casos, sete mortes
Guará: 89 casos, duas mortes
Guariba: 637 casos, 18 mortes
Guatapará: 28 casos
Igarapava: 202 casos, nove mortes
Ipuã: 268 casos, oito mortes
Itirapuã: 6 casos, uma morte
Ituverava: 161 casos, quatro mortes

Jaborandi: 81 casos, uma morte
Jaboticabal: 259 casos, 16 mortes
Jardinópolis: 333 casos, 20 mortes
Jeriquara: 9 casos

Luis Antônio: 132 casos, nove mortes
Miguelópolis: 151 casos, seis mortes
Monte Alto: 205 casos, três mortes
Monte Azul Paulista: 117 casos, uma morte
Morro Agudo: 490 casos, 16 mortes
Nuporanga: 33 casos
Orlândia: 488 casos, 18 mortes
Patrocínio Paulista: 34 casos
Pedregulho: 26 casos, uma morte
Pirangi: 192 casos, cinco mortes
Pitangueiras: 268 casos, quatro mortes
Pontal: 1.014 casos, 29 mortes
Pradópolis: 304 casos, nove mortes

Restinga: 2 casos
Ribeirão Preto: 13.421 casos, 363 mortes
Rifaina: 10 casos, 1 morte
Sales Oliveira: 199 casos, uma morte
Santa Cruz da Esperança: 2 casos
Santa Ernestina: 79 casos
Santa Rosa de Viterbo: 90 casos, uma morte
Santo Antônio da Alegria: 11 casos, duas mortes
São Joaquim da Barra: 400 casos, nove mortes

São José da Bela Vista: 34 casos, quatro mortes
São Simão: 71 casos, duas mortes

Serra Azul: 62 casos, duas mortes
Serrana: 523 casos, 23 mortes

Sertãozinho: 2.578 casos, 59 mortes
Taiaçu: 68 casos, uma morte
Taiúva: 45 casos, uma morte
Taquaral: 19 casos, uma morte
Taquaritinga: 174 casos, três mortes

Terra Roxa: 162 casos, três mortes
Viradouro: 146 casos, seis mortes

Vista Alegre do Alto: 98 casos, duas mortes