Ituveravense é referência nacional em tecnologia

Eliézer Nogueira Pimentel se destaca por ser um criativo e premiado empreendedor

Eliézer Nogueira Pimentel em sua empresa

Eliézer Nogueira Pimentel, 46 anos, que passou a infância e a juventude em Ituverava, é atualmente um dos nomes de destaque quando o assunto é tecnologia. Uma de suas empresas – a CloudWalk, a qual vendeu sua participação em 2016 – é referência nessa área e já recebeu importantes prêmios nacionais e internacionais. Ele é formado em Administração de Empresas pela Uni-Facef
Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, ele conta sobre o período em que viveu em Ituverava, a importância das experiências profissionais e das pessoas que passaram pela sua vida na cidade para o sucesso de sua carreira e a trajetória de suas empresas, desde que foram criadas até o atual momento de constante sucesso e expansão.
Ele, que reside em Franca, é casado com Daiana Dourado Pimentel, e pai de Matheus F. Nogueira Pimentel, 20 anos, e Valentina Dourado Pimentel, 1 ano e 5 meses. Filho de Alcides Nogueira Pimentel e Regina Nogueira Pimentel, são seus irmãos Eliel Nogueira Pimentel, Elisandra Regina Pimentel Ribeiro, Júlio César Nogueira Pimentel, Patrícia Barbosa Nogueira (é sua tia caçula mas foi criada na família como sua irmã desde muito criança).

Início da vida profissional
“Nasci em São Joaquim da Barra e fui criado em Ituverava desde os 3 anos de idade. Comecei minha vida profissional ainda jovem, quando aos 10 anos vendia salgados na rua preparados pela minha mãe, a fim de complementar a renda da família. Meu pai, motorista de caminhão, rodava o Brasil para garantir o sustento dos 5 filhos. Minha mãe, além dos salgados ainda lavava roupas para as vizinhas para ajudar na educação dos filhos.
Também fui verdureiro, ajudava o comerciante Sr. João Cavalari (‘Seu Joanim’), a empurrar um carrinho de verduras e sua cadeira de rodas pelas ruas da cidade no início da década de 80. Ainda jovem, fui trabalhar na antiga fábrica de botinas do saudoso José Divino da Silva, o ‘Zé Divino’ da Sapataria Silva, onde, por alguns anos, aprendi a montar parte por parte uma botina com solado de pneu. Em seguida, busquei um novo desafio: trabalhar como office-boy no Escritório de Contabilidade Veneza do sr. Venâncio Wakayama, onde fiz amigos e iniciei a minha vida no ‘mundo dos escritórios’”.

Mudança de área
“Ao ingressar no 1º ano do Ensino Médio no Colégio Nossa Senhora do Carmo, no curso técnico em Contabilidade, conheci o professor de Matemática, Eurípedes Borges, que me incentivou a estudar programação no computador CP400 Color que tinha em sua escola particular de matemática. Em troca, eu o ajudava na digitação de apostilas, já que havia terminado o curso de datilografia um ano antes.
Ainda servi o Tiro de Guerra como voluntário aos 17 anos e ao fim do Serviço Militar, decidi ir novamente em busca de novos desafios fora de Ituverava. Autodidata, aprendi a programar computadores com o incentivo do professor Eurípedes e, em 1993, mudei-me para Franca, onde cursei Administração de Empresas pela Uni-Facef e trabalhei como programador até o ano de 2005, quando fundei a primeira empresa de desenvolvimento de softwares, a Plano Bê, focada em soluções para o mercado de saúde e meios de pagamentos”.

Começo do sucesso
“Cinco anos depois, a Plano Bê realizava o primeiro grande negócio internacional no Chile e, em 2012 eu, e meu sócio, decidimos fazer a primeira spin-off (novo negócio a partir de um existente) da empresa. Nascia então a CloudMed Tecnologia, exclusivamente para atender o mercado de saúde.
Apaixonado por tecnologia e futurologia, escrevi um artigo em um blog que me rendeu convites a palestrar sobre Singularidade Tecnológica nas Universidades de Joinville, em Santa Catarina, e na USP, em São Paulo. Durante algum tempo, palestrei sobre empreendedorismo e negócios, contando minha trajetória em universidades da região, palestrando, inclusive, na Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), em 2008”.

Expansão dos negócios
“Em 2013, com o objetivo de expandir os negócios para a capital paulista, iniciamos a segunda spin-off da Plano Bê, a CloudWalk, com o plano de atender o mercado de pagamentos e soluções para máquinas de cartões que estavam em pleno crescimento e apresentavam ótimas oportunidades naquela época. Um ano depois, após conhecer a quem viria a ser o terceiro sócio da empresa, em Toronto, no Canadá, abrimos uma unidade de negócios da CloudWalk no Vale do Silício, na Califórnia, na cidade de Sunnyvale, local em que passamos a ter contato com o que há de mais moderno no mundo das startups. Nascia ali a CloudWalk inc”.

Retorno para Franca
“Dois anos depois de criar a CloudWalk inc, fomos convidados a falar em um dos eventos de pagamento mais importantes do mundo, realizado em Las Vegas, o Money2020, para apresentar os trabalhos da empresa, na ocasião, meu sócio canadense me fazia companhia no evento. Esta oportunidade rendeu à CloudWalk inc, um ano depois, em 2016, um de seus primeiros prêmios sobre inovação, em Istambul na Turquia.
Depois de passar por países como Canadá, Estados Unidos, Chile e morar por um ano em São Paulo, capital, segui o planejamento pessoal e aceitei uma oferta para vender as minhas cotas de participação nas empresas Plano Bê e CloudWalk, no Brasil e EUA, e voltei para Franca.
Ainda sócio da CloudMed, uma importante empresa de soluções para o mercado de saúde no Brasil, decidi comprar a participação do meu sócio nessa empresa em 2018 e assim assumi o controle da CloudMed para começar um novo ciclo de inovação e negócios na empresa”.

Mais conquistas
“No mesmo ano, 2018, embarquei para Lisboa, onde aconteceu uma das maiores e mais importantes conferências sobre tecnologia do mundo, a WebSummit. Durante o evento, tive a inspiração para a CloudMed desenvolver uma plataforma de auditoria de atendimentos médicos através de reconhecimento facial, usando inteligência artificial para reconhecimento de padrões que possam ajudar as operadoras de planos de saúde a combater fraudes em atendimentos.
Em 2019, a CloudMed com essa plataforma de biometria facial, conseguiu emplacar em mais de 70 operadoras de saúde somente no Estado de São Paulo, trazendo inovação e segurança para os planos de saúde e aos pacientes.
O sucesso deste projeto me levou a Lisboa novamente este ano, acompanhado do meu time técnico e programadores, para participar do WebSummit 2019, onde fomos destaques ao lado de nomes importantes como Edward Snowden e o presidente da HAUWEI em um importante veículo de comunicação na Europa com subsidiária no Brasil, a Sputnik News”.

Referências em Ituverava
“Muitas pessoas na cidade de Ituverava foram modelo, referência e professores em minha vida e me ajudaram a moldar a pessoa que sou. Jamais me esquecerei dos ensinamentos de minha mãe e do meu pai, que mesmo com suas limitações, prezavam pela construção do meu caráter, valores e princípios.
Também nunca me esquecerei das importantes lições da saudosa ‘Tia Sirley’ (“Sirley Terezinha Dias Rodrigues”) e do também saudoso professor Rubens (Rubens de Oliveira Campos) na então EEPG ‘Humberto França’, pessoas que guardo tremenda admiração. Também não posso deixar de citar de quando vendia verduras na rua ou da chance que me concedeu o Zé Divino na fábrica de botinas. Sou eternamente grato ao Sr. Venâncio Wakayama e sua família, por me darem a chance de aprender tanto e ser persistente e disciplinado. Um agradecimento especial aos meus irmãos de farda cuja amizade nasceu ainda aos 17 anos e perdura até os dias de hoje com muita alegria. Também sou grato às lições do Vander Ferreira de Souza e ao Wilson Ferreira de Souza pelo acolhimento, na época sócios do Sr. Venâncio Vakaiyma no escritório Veneza; ao professor Eurípedes Borges, que me acolheu como um irmão mais velho, presente de Deus, por quem carrego eterna gratidão pelos ensinamentos, oportunidades e incentivos para buscar o crescimento profissional, mesmo sendo longe da cidade onde vivia com meus pais. Foi o professor Eurípedes que acendeu a fagulha inicial para meu desejo em empreender ainda jovem”.

Filosofia de vida

“Minha filosofia de vida é acreditar que tudo acontece por conta das pessoas, tudo é sobre pessoas. Acredito que se não fossem as pessoas, nada poderia ser real, nada seria concreto e nada aconteceria. Por isso, estou sempre grato a todas as pessoas que de longe ou de perto, contribuíram e contribuem para os passos em minha vida”. Histórias como esta só podem ser contadas porque existem pessoas como as que acreditaram e confiaram que o jovem ituveravense seria capaz de alcançar coisas boas em sua vida. Parabéns a todos os que podem de alguma forma acreditar e incentivar a outros a vencerem na vida! Gratidão sempre”.

Eliézer Nogueira Pimentel (à esquerda) participa de evento de tecnologia