Oficina do Geraldinho goleia na final e conquista Copa Tomé Fiin

A Oficina do Geraldinho/Laço Forte/Mega Real sagrou-se campeã da Copa “Tomé Fiin Nunes”. Em duelo eletrizante, no último domingo, 3 de dezembro, a equipe conquistou o título após golear a CJA Pneus/Bar do Japão/Markim do Sindicato por 3 a 0. Os gols foram assinalados por Luciano Bichim.
A conquista veio após uma excelente campanha, com quatro vitórias em seis jogos, um empate e apenas uma derrota. Após a partida, as equipes finalistas receberam troféus e medalhas.
Além do troféu de campeã, a Oficina do Geraldinho ainda levou para casa, o título de melhor artilheiro do campeonato, concedido a Luciano Bichim, com cinco gols e o de goleiro menos vazado, conquistado por Wilder Geromão. O goleiro Pedro, responsável pela defesa da Fabrício Gás/Posto Chão Preto/Trutas Delivery foi eleito a grande revelação do campeonato.
A Oficina do Geraldinho disputou a Copa “Tomé Fiin Nunes” com os atletas: Wilder Geromão, Vandinho, Rodrigo Fubá, Niquinha, Igor, Geraldinho, Gustavo Capa, Wagner Gerente, Branco Vera, Renato SAAE, Jefinho Canhoto, Lucas do João, Luciano Bichim, Nilder e Leonel Ítalo.

A Copa “Tomé Fiin Nunes foi disputada no campo do Futuro Clube dos Comerciários de Ituverava – antiga AABB e homenageou o comerciante e grande esportista Eurípedes Nunes de Oliveira (“Fiin”) e também seu pai, o saudoso Tomé Nunes de Oliveira.
O campeonato foi organizado pelos amigos Ronaldo Meneghini de Oliveira, Almir Benedito Pereira da Rocha, Carlos Gustavo Pires de Almeida (“Capacete”) e Geraldo de Oliveira (“Geraldinho da Oficina”), com o apoio do presidente do Sincomerciários, Marçal Advíncula Joazeiro e das empresas que dão nomes às equipes.
Participaram da competição as equipes: CJA/Bar do Japão/Markim do Sindicato; Fabrício Gás/ Trutas Delivery/Chão Preto; Casa Limpeza/Help Informática/Jornal O Progresso e Oficina do Geraldinho/Laço Forte/Mega Real.

Missão cumprida
Um dos organizadores do evento, Ronaldo Meneghini de Oliveira falou sobre o campeonato. “Estamos muitos satisfeitos com o resultado da Copa Tomé, pois conseguimos concluir com êxito, tudo que nos propomos a fazer, o que inclui promover um campeonato prazeroso e bem organizado, isento de confusões ou qualquer outro imprevisto que pudesse atrapalhar o seu bom andamento”, afirma.
““Contamos com uma arbitragem excelente e mesmo sendo disputado nas manhãs de domingo, recebíamos um número expressivo de torcedores a cada rodada, o tornava a competição ainda mais interessante. Parabenizo as duas equipes finalistas, em especial a Oficina do Geraldinho, pois ambas lutaram e deram o seu melhor dentro de campo e, por isso, são merecedoras dessa conquista”, conclui Meneghini. 

Homenageado 

O futebolista Eurípedes Nunes de Oliveira (“Fiin”), homenageado na Copa Tomé também comemorou o sucesso da competição. “Gostei muito do campeonato e, por ser um grande amante do futebol, estou muito satisfeito que a competição tenha transcorrido de uma maneira tão bonita e tão amigável, entre os participantes”, destaca,
“Foi espetacular ter tido o prazer de acompanhar essa disputa e por ter sido privilegiado, em receber essa homenageam junto ao meu pai. Dedico essa homenagem aos atletas e comissão técnica, que se empenharam e se preocuparam em apresentar o seu melhor dentro de campo. Parabéns a todos os envolvidos. É uma pena que chegamos ao fim, no entanto, tenho a certeza que logo haverá novas competições para alegrar os nossos domingos”, completa Fiin.