Prazo para isenção do Enem vai até a próxima quarta-feira

De simples avaliação estudantil, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chega à maturidade duas décadas depois de ser criado, como o maior vestibular do país. Com mais de mais de 6,7 milhões de inscritos em 2017, ele é o principal sistema de seleção para cerca de 500 universidades públicas e privadas no Brasil.
Quando implementado em 1998, o objetivo do Enem era apenas avaliar os estudantes que estavam encerrando o período escolar. Naquele primeiro ano, foram 157 mil inscritos. Mas como foi que a prova tomou esta dimensão? A resposta é simples: seu progresso está costurado ao seu nível de importância. Além de servir de análise para o governo definir políticas públicas educacionais, o exame avalia o desempenho individual de cada aluno. Com isso, as universidades começaram a se apropriar desses resultados. Para se ter uma ideia, a fama do Enem já ultrapassou as fronteiras do Brasil.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) fechou em 2018 o 28º convênio com uma instituição de ensino superior de Portugal, que também utiliza os resultados para o ingresso de brasileiros em sala de aula lá naquele país.
Anualmente, as faculdades e universidades se inscrevem para adotar a nota do Enem nos seus processos seletivos. E por lei, só podem se candidatar a usar o exame como seleção as universidades bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC). Isso significa que independentemente da instituição escolhida pelo estudante, ele já terá a garantia de uma graduação de qualidade, um diploma reconhecido e uma boa aceitação no mercado de trabalho.

Prazo para isenção
O prazo para que os interessados em participar da edição deste ano do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) façam pedido de isenção da taxa de inscrição (de R$ 82) começou na última segunda-feira, 2 de abril, e vai até o dia 11 de abril, próxima quarta-feira. As inscrições para o Enem deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio, pelo site do Enem.
A isenção é válida para estudantes que estejam cursando a última série do Ensino Médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública (ou como bolsista integral na rede privada). A renda per capita familiar tem de ser igual ou inferior a um salário mínimo e meio.
Também tem isenção o participante que declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).
Neste ano, também são isentos os participantes do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) de 2017, que tenham atingido a nota mínima do exame. Para os pedidos de isenção, são exigidos os comprovantes da condição do candidato.

Principais datas do Enem 2018 

Solicitação de isenção da taxa de inscrição: 2 a 11 de abril
Inscrições: 7 e 18 de maio
Pagamento da taxa de inscrição: 7 a 23 de maio
Valor da taxa: R$ 82
Solicitação de atendimento pelo nome social: de 28 de maio a 3 de junho
Data das provas: 4 e 11 de novembro