Prefeitura de Ribeirão Preto autoriza retomada de missas e cultos religiosos; veja regras

Celebrações podem acontecer das 8h às 21h, com ocupação dos templos reduzida a 30% da capacidade determinada nos alvarás de funcionamento

Catedral Metropolitana de São Sebastião em Ribeirão Preto — Foto: EPTV/Reprodução

A Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) autorizou a retomada de celebrações presenciais em templos religiosos das 8h às 21h. A liberação, publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (12), tem validade enquanto a cidade estiver na fase amarela do Plano São Paulo.

A recomendação, segundo o prefeito Duarte Nogueira (PSDB), é para que idosos, pessoas que fazem parte do grupo de risco do coronavírus ou que estejam com qualquer sintoma da doença não frequentem os locais e continuem acompanhando as celebrações por transmissões na internet.

Em transmissão pelo Facebook, Nogueira disse que a nota técnica com as medidas preventivas foi compartilhada com os prefeitos da Região Metropolitana de Ribeirão Preto, para que todas as cidades estejam alinhadas na proteção da população.

Regras

Os templos devem implementar sistemas de controle na entrada das celebrações e limitar a ocupação do ambiente a 30% da capacidade determinada no alvará de funcionamento, de acordo com as regras estabelecidas pela Secretaria Municipal da Casa Civil.

O decreto também determina que é preciso usar máscara e manter distância de 1,5 metro entre os fiéis, com demarcações no piso ou reorganização dos móveis. As celebrações podem ter uma hora, com espaçamento de outras duas horas para higienização do ambiente.

Durante as atividades, está proibido o contato físico ou a formação de fila entre os fiéis. Os espaços precisam ser mantidos arejados, com as portas e as janelas preferencialmente abertas, além de disponibilizarem álcool em gel em pontos estratégicos para higienização das mãos.

Também está proibido o uso de bebedouros de água ou o consumo de alimentos dentro dos templos. A entrega de dízimo e outras contribuições deve ser realizada preferencialmente por meios digitais ou em locais com álcool em gel para limpeza das mãos e de todos os objetos envolvidos na ação.

Cumprimento de recomendações

O prefeito pediu na tarde desta quarta-feira, durante uma transmissão pelo Facebook, que os moradores respeitem as regras estabelecidas pela Prefeitura em conjunto com a Vigilância Epidemiológica, o Comitê de Contingenciamento e o Grupo de Retomada Econômica.

“Para garantir que não retrocedamos de fase, é muito importante a conscientização. Os 19 itens da nota técnica, seguidos corretamente, garantem a vida de todos da nossa cidade”, afirmou Nogueira.

De acordo com o governo de São Paulo, não há um decreto estadual que proíba as atividades ou determine o fechamento dos espaços, mas uma recomendação para a suspensão de cerimônias, celebrações, missas ou cultos.

“Esses locais também podem continuar a receber fiéis para orações e orientação religiosa em formato individual, seguindo regras sanitárias e de distanciamento social para mitigar a circulação do vírus”, informou.

Fonte:g1.globo.com