Prefeitura renova parceria com Hospital do Câncer

A prefeita Adriana Quireza Jacob Lima Machado, o vice-prefeito – Dr. Alcides Antônio Maciel Júnior, o gestor em Saúde – Sérgio Renato Macedo Chicote, e a diretora da Atenção Básica, Aline Costa Cirilo; no destaque, assinatura da renovação do convênio

Convênio é para adesão a um novo método de coleta do exame de prevenção ao câncer de colo uterino 

O Hospital de Câncer de Barretos tem parcerias firmadas com diversos municípios do Estado para adesão a um novo método de coleta do exame de prevenção ao câncer de colo uterino. O método, conhecido como Citologia em Base Líquida, é realizado em poucas cidades do Estado, sendo Ituverava uma das escolhidas pelo Hospital do Câncer para ser uma das pioneiras. As informações são da Assessoria de Imprensa da Prefeitura.
No dia 31 de julho, a prefeita Adriana Quireza Jacob Lima Machado, o vice-prefeito – Dr. Alcides Antônio Maciel Júnior, o gestor em Saúde – Sérgio Renato Macedo Chicote, e a diretora da Atenção Básica, Aline Costa Cirilo, estiveram no Hospital do Câncer de Barretos para renovar o contrato por mais um ano.
Segundo a coordenadora de Prevenção do Câncer do Colo do Útero da Fundação Pio XII de Barretos, Daniela Donadon, o exame de Base Líquida é o que há de mais moderno e eficiente no diagnóstico preventivo do câncer do colo do útero. “A citologia em meio líquido melhora a sensibilidade do método tradicional, constituindo uma excelente ferramenta diagnóstica na identificação precoce das lesões celulares que podem levar ao câncer do colo uterino”, explica.
Este método permite a análise de 100% das células coletadas. Estudos e artigos comprovam sua eficiência, sensibilidade e especificidade, sendo considerado o melhor método do mundo na detecção deste tipo de câncer, que é o terceiro tumor mais frequente nas mulheres.
Sucesso
A citologia em meio líquido é utilizada com sucesso na Europa e nos Estados Unidos, e substitui o método convencional de papanicolau, contribuindo significativamente para o decréscimo do número de mortes por câncer de colo do útero.
Desde 2014, todas as Unidades de Saúde do município estão realizando a coleta do exame preventivo (papanicolaou), através do novo método, chamado de Citologia de Base Líquida. O exame continua a disponível em todas as Unidades de Saúde – Centro de Saúde “CSII” e Unidades da Saúde da Família, incluindo os distritos.
A prefeita Adriana Quireza Jacob Lima Machado fala sobre a renovação do convênio. “O novo método de coleta do exame preventivo que oferecemos no nosso município é o melhor e mais moderno que existe em nosso país. Estamos muito felizes por, mais um ano, proporcionar um exame preciso, seguro, indolor e de alta qualidade, que ainda não chegou a todos os consultórios particulares. Agradeço ao Hospital do Câncer de Barretos pela importante parceria”, ressalta a prefeita.

Câncer de Colo Uterino

O principal fator agressor relacionado a esse tipo de câncer é a infecção local pelo vírus HPV (Papilomavírus Humano). A transmissão do HPV se dá principalmente pela via sexual sendo considerada a doença sexualmente transmissível (DST) mais comum nos dias atuais.
De uma forma geral, são necessários vários anos entre a infecção inicial pelo HPV e o desenvolvimento do câncer, e apenas em uma pequena parcela das mulheres portadoras do vírus irá desenvolver o câncer do colo do útero.
A infecção pelo HPV poderá causar alterações no colo do útero (conhecidas como lesões precursoras ou NIC de alto grau) que precedem o surgimento do câncer propriamente dito e só podem ser identificadas através da realização periódica do exame preventivo (Papanicolaou).
Todas as mulheres que têm ou já tiveram atividade sexual, principalmente aquelas com idade entre 25 e 64 anos, devem fazer o exame preventivo periodicamente.