Quermesse da São João Batista é sucesso

Evento reuniu cerca de 2,5 mil pessoas por noite e teve excelente arrecadação

O médico José Mário, a vereadora Ana Paula Yasnosteac Rodrigues Mário, o locutor Luiz Araújo, o casal patrono do evento: Vitor Magno Seixas Costa e Tarsilla Volpe R. Magno Costa e o padre Adailson Ferreira de Oliveira

Terminou domingo, 12 de maio, a tradicional quermesse promovida pela Paróquia São João Batista. O evento, e realizado em frente à Igreja Matriz São João Batista, reuniu cerca de 2,5 mil pessoas por noite de festa.
Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, o pároco Adailson Ferreira de Oliveira fala sobre o sucesso da festa. “Nós, da Paróquia São João Batista e da comissão organizadora da quermesse, ainda estamos tomados de emoção por tudo que foi experienciado ao longo do evento. A nossa quermesse ultrapassou todas as nossas expectativas, tanto em público quanto na participação das pessoas nos eventos, como shows, bingos e leilões”, afirma.
“Só temos a agradecer a todos os envolvidos na organização e às pessoas que compareceram, nos prestigiando e vivendo esse tempo de festa em clima familiar, em um ambiente de descontração, acompanhado de saborosas comidas”, ressalta o pároco.

Leilão de Gado Virtual
Outra novidade desse ano foi o Leilão de Gado Virtual. “Este evento também encantou nossa quermesse e foi um show à parte. Foram arrematadas cerca de 35 cabeças de gado e arrecadamos um valor que ultrapassou nossas expectativas, pois forma mais de R$ 100 mil”, enfatiza.

Projetos

O padre Adailson também fala sobre a aplicação dos recursos arrecadado no evento. “Nossa Paróquia está construindo o Centro Pastoral e Salão Paroquial São Felipe Neri e os recursos arrecadados serão utilizados nesta obra, já que a próxima etapa é de alto custo”, diz. “Nós não sabemos ainda o valor que alçamos, mas o que mais nos marcou foi toda a emoção que pudemos experimentar a cada noite”, completa.

Casal patrono fala da emoção em participar da quermesse

O padre Adailson e o casal patrono Vitor Magno Seixas Costa e Tarsilla Volpe R. Magno Costa

Ainda de acordo com o padre Adailson Ferreira de Oliveira, esse ano a Paróquia inovou ao ter um casal patrono do evento: Vitor Magno Seixas Costa e Tarsilla Volpe R. Magno Costa. “Foi uma aventura indescritível trabalhar com eles, pois conseguiram dinamizar a nossa quermesse e trazer novidades, inclusive nas áreas de logística e marketing”, observa.
“Foi uma experiência que nos ajudou muito e posso testemunhar que eles, assim como muitos outros voluntários, trabalharam muito por nossa comunidade, o que trouxe ótimos resultados e deixou a população muito feliz”, destaca. O casal patrono fala sobre o evento. “Nos faltam palavras para agradecer a experiência vivida. Há nove anos participamos do evento, trabalhando no Jantar de Abertura e como arrematadores no leilão, entre outras funções”, afirma. “Quando recebemos o convite do padre Adailson para formarmos uma comissão organizadora e também nos responsabilizar como patronos da festa e pelo leilão, nos deparamos com grandes desafios, que inicialmente nos deixou preocupados e ansiosos, além das pedras no meio do percurso que poderíamos enfrentar, o que deu medo e vontade de desistir”, finaliza o casal.

Coragem

“Mas, como Deus é fiel, Ele foi nos lapidou e nos deu forças, coragem e fé para enfrentar a tarefa. A sabedoria do padre em formar essa comissão, direcionou o trabalho em equipe, e transformou a “cara” da nossa festa. Formamos uma grande família, todas as equipes, barracas, leilão, bingo, limpeza, jantar, caixas, garçons enfim, todos torcendo uns pelos outros, num só espírito”, enfatiza o casal. “Esse é o segredo do resultado da festa. Creio que a 9ª Quermesse da São João Batista foi um marco. Hoje já pode ser colocada no calendário da cidade, como uma festa típica e esperada pela família. Agradeço a todos que deram o seu ‘sim’, nos ajudando, trabalhando, doando, intercedendo com coração, arrematando, ou mesmo indo à festa, nos prestigiando. Agradeço também, à toda comissão organizadora, coordenadores de barracas e voluntários, que deram suas vidas em favor do bem comum. Deus abençoe cada um e rumo à 10ª Quermesse São João Batista”, afirma o casal Vitor e Tarsilla Magno.

Gesto de ituveravense causa comoção em toda a cidade

Fato inusitado
O empresário Walter Gama Terra Júnior explica os motivos que o levaram a arrematar a prenda. “Sempre sou convidado a participar de leilões de entidades de Ituverava, e no leilão da quermesse, deparei com um fato inusitado, onde o pároco da São João Batista colocou um pacote de macarrão para ser leiloado”, afirma o ex-prefeito. “Naquele momento pensei: se aquele senhor carente está doando praticamente tudo que tem naquele instante, posso colaborar com um pouco também. Foi este fato que me levou a arrematar o pacote de macarrão por aquele valor e pretendo guardá-lo como lembrança”, completa Gama Terra.

Ao longo dos anos, a Tribuna de Ituverava vem enfatizando que um dos maiores patrimônios do município é a generosidade da população. Na quermesse da Paróquia São João Batista, isso ficou ainda mais comprovado, através de uma história muito bonita e capaz de proporcionar importantes ensinamentos sobre humildade, caridade e, claro, amor cristão.
O fato ocorreu quando um senhor bastante humilde, chamado Antônio Vicente da Silva (“Antônio do Rádio”), procurou o padre Adailson Ferreira de Oliveira e disse que gostaria de fazer uma doação para a quermesse, porém tudo que suas condições financeiras permitiam que ele doasse era um pacote de macarrão para o leilão.
O pacote de macarrão foi leiloado, e arrematado pelo empresário Walter Gama Terra Júnior, pela quantia de R$ 12 mil.
No último domingo, o padre Adailson contou o fato em uma missa na Igreja São João Batista, com presença do senhor Antônio. O trecho da missa em que o padre narrava a história foi gravado em um vídeo, que rapidamente se espalhou pelas redes sociais, sobretudo através do Facebook e do WhatsApp.

Ensinamento
“Esse fato nos ensinou muito e fez muita diferença. Senhor Antônio me disse que queria ajudar o nosso leilão, pois recebemos todos tipos de prendas para serem leiloadas, como comidas, bolos, frangos, malas, mesas bolsas, entre outros. Esse senhor disse que também queria fazer a sua parte, mas só podia ajudar com um pacote de macarrão, pois era tudo o que ele tinha”, lembra o padre.
“Ele deu com o coração generoso e, embrulharmos a prenda, como fazemos com todas, começamos o leilão. Nesse momento, todas as pessoas, inclusive os arrematadoras, foram tocados com o gesto e o pacote foi arrematado, depois de vários lances, por R$ 12 mil”, relata.

Momento marcante
Este gesto de grandeza de um senhor humilde talvez tenha sido um recado de Deus, para mostrar que os trabalhos da Paróquia São João Batista estão realmente voltados aos desígnios do Senhor.
O padre Adailson, foi sobre esse momento que marcou a comunidade. “Deixou para nós este grande exemplo e provou que a Paróquia São João Batista é feita de todos os esforços. Deixo aqui meu carinho ao senhor Antônio e a minha gratidão também ao senhor Walter Gama Terra Júnior, que arrematou o macarrão e proporcionou ao senhor Antônio e a todos nós a alegria dessa noite”, destaca.
“Agradeço a todas as pessoas que compareceram e aos voluntários, que, inclusive, também foram homenageados no último dia de evento. Estou muito feliz com a nossa Paróquia e com toda a população de Ituverava, que foi fundamental para que a quermesse alcançasse o sucesso desses dias tão intensos de festa. Deus abençoe a todos”, conclui padre.

Fato inusitado

O empresário Walter Gama Terra Júnior explica os motivos que o levaram a arrematar a prenda. “Sempre sou convidado a participar de leilões de entidades de Ituverava, e no leilão da quermesse, deparei com um fato inusitado, onde o pároco da São João Batista colocou um pacote de macarrão para ser leiloado”, afirma o ex-prefeito.
“Naquele momento pensei: se aquele senhor carente está doando praticamente tudo que tem naquele instante, posso colaborar com um pouco também. Foi este fato que me levou a arrematar o pacote de macarrão por aquele valor e pretendo guardá-lo como lembrança”, completa Gama Terra.