Relembre as maiores polêmicas envolvendo a série Os Simpsons

Apesar do sucesso constante desde 1989, a animação Os Simpsons já provocou muitas polêmicas que desagradaram os fãs e a opinião pública em geral. As vezes as polêmicas nem aparecem por episódios ruins, mas sim por uma repercussão negativa que a série gera na sociedade. Confira os 10 maiores escândalos envolvendo a animação Os Simpsons:

“Pular o tubarão”
Quando se trata de roteiro, a expressão “pular o tubarão” é muito utilizada quando uma série ou filme passa dos limites e distorce sua lógica apenas para entreter. Os Simpsons é constantemente acusada disso.
Como principais exemplos de quando Os Simpsons “pulou o tubarão”, temos a revelação de que o Diretor Skinner é um impostor – o que acabou desfazendo todo o desenvolvimento do personagem – e o clássico episódio em que Homer descobre que os praticantes de jóquei na verdade fazem parte de uma raça de elfos.

Bart Simpson banido
Apesar de ser uma série feita para adultos, Os Simpsons constantemente esteve envolvida em polêmica por “não respeitar os valores familiares” e Bart Simpson sempre foi um grande alvo dos conservadores, sendo caracterizado como um personagem que prejudicava os valores da juventude.
Muitas escolas americanas baniram camisas de Os Simpsons com o rosto de Bart por muito tempo, acusando o personagem de promover o “anti-intelectualismo”.

Jay Sherman, o crítico
Em um episódio crossover com a série The Critic – produzida pelos produtores de Os Simpsons – que contou com a participação de Jay Sherman, protagonista da série, Os Simpsons acabou se envolvendo em uma polêmica com seu próprio criador.
Matt Groening, criador de Os Simpsons, ficou furioso com o crossover, afirmando que ele só servia para promover The Critic. Groening chegou a condenar o episódio antes mesmo dele ir ao ar, trazendo o problema de bastidores para a opinião pública.

Insulto a Nova Orleans
Durante a 4ª temporada, Os Simpsons fez uma piada com a cidade de Nova Orleans que acabou não pegando bem. Em uma paródia da peça de teatro “A Streetcar Named Desire”, foi cantada uma música que disse que Nova Orleans é cheia de “piratas, prostitutas e bêbados”.
Essa música veiculada em Os Simpsons acabou ofendendo muita gente da cidade de Nova Orleans, o que fez com que o presidente da Fox tivesse que se desculpar publicamente.

Piadas com estupro
Os Simpsons já foi muito criticada por suas piadas com estupro em duas ocasiões específicas. Em um episódio, Homer se veste de panda e acaba estuprado por um panda de verdade. Em outra ocasião, a piada é feita com Marge, que fica extremamente forte e obriga Homer a fazer sexo com ela.

Polêmica com o Brasil
Os Simpsons já enfrentaram polêmica até mesmo aqui, no Brasil. Em um episódio da 13ª temporada, os personagens viajam para o Rio de Janeiro e encontram uma cidade infestada por ratos, crime, e pessoas hipersexualizadas. Até mesmo o idioma do Brasil sofreu deboche, já que a série caracterizou os brasileiros como mexicanos e espanhóis.
Depois de uma ameaça de processo por parte da Riotur – empresa de turismo do Rio de Janeiro – o produtor de Os Simpsons, James L. Brooks, teve que pedir desculpas publicamente.

Briga com George Bush
A verdade é que os Bush sempre estiveram envolvidos em polêmicas com Os Simpsons. Em 1990, Barbara Bush – esposa de George – criticou a animação, que respondeu por uma carta “escrita” por Marge que ironizava as críticas de Barbara.
Mas a polêmica não acabou por aí. Em 1992, George Bush criticou Os Simpsons, que responderam criando um episódio em que o casal Bush viaja para Springfield e acaba se envolvendo em briga – física – com Bart e Homer.

Lady Gaga
A aparição de Lady Gaga em Os Simpsons foi de longe uma das mais esperadas da série, e ela conseguiu decepcionar todo mundo. Com piadas sem graça e uma má utilização da cantora, Os Simpsons falhou em fazer piada com a celebridade, transformando o episódio em uma grande propaganda.

Apu
Apesar de ser um personagem amado e conhecido de Os Simpsons, Apu sempre foi alvo de polêmica por suas características que reforçavam estereótipos. A polêmica sempre existiu, mas ela ganhou mais força em 2017, com o documentário “O Problema com Apu”, feito por Hari Kondabolu, que argumentava que o personagem deveria ser excluído da série para sempre. Nada disso aconteceu.

Lisa defendendo Apu
Mais complexa do que a polêmica com Apu foi a maneira com que Os Simpsons lidou com isso. Em uma cena patética, Lisa utiliza de metalinguagem para dizer que “algo que começou há décadas e era inofensivo hoje é politicamente incorreto”.
Além de passar uma mensagem totalmente equivocada, Os Simpsons utilizou Lisa Simpson para isso, o que simplesmente não faz sentido, já que a personagem certamente estaria do outro lado da polêmica, criticando a maneira estereotipada em que Apu é representado na animação.