Robô para testes de covid começa a funcionar na segunda (27)

O equipamento importado da Alemanha irá processar 800 amostras por dia; mais de 5 mil pacientes ainda aguardam pelo resultado de exames na cidade

Robô foi instalado no Supera Parque (Foto: Alexandre de Azevedo / Divulgação)

O robô com capacidade para processar 400 exames para detecção da covid-19 a cada duas horas começará a funcionar na próxima segunda-feira (27), em Ribeirão Preto. Até a última quarta-feira (22), 5.616 pacientes ainda aguardavam pelo resultado de exames na cidade.   

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE A PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS

Segundo a Prefeitura de Ribeirão, o equipamento irá processar 800 amostras por dia do tipo RT-PCR. O robô, importado da Alemanha, foi adquirido por meio de convênio com a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) e montado no Supera Parque.  

Como funciona

O processo de automatização permite fazer a extração e separação do RNA do coronavírus da secreção nasal coletada do paciente, reduzindo o processo para cerca de duas horas. De forma manual, o tempo era de cinco horas.

Após a separação do RNA do vírus, a próxima etapa consiste em introduzir o RNA separado em outra máquina, misturando-se a uma substância reagente.  

Caso a presença do vírus seja positiva, a substância em contato com o RNA emite fluorescência microscópica. No caso de não haver presença do novo coronavírus, a fluorescência microscópica não é emitida. 

Fonte: www.acidadeon.com