Rotary Club de Ituverava destina verba para Núcleo Distrital

Membros do Rotary Club de Ituverava faz entrega ao Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário “Nosso Teto” (NRDC), a quantia de R$ 7.592

Em reunião realizada em 10 de abril, o Rotary Club de Ituverava entregou ao Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário “Nosso Teto” (NRDC), representado pela presidente Cristian Elizabete de Paula, a quantia de R$ 7.592,00. A verba é proveniente do Projeto de Subsídio Distrital.
O dinheiro será aplicado em benfeitorias para o núcleo, como a aquisição armário de aço, projetor, refrigerador, TV 32P, dois ventiladores de parede e quatro ventiladores de teto. Segundo Cristian, os equipamentos oferecerão melhores condições para o clube NRDC promover cursos de capacitação e qualificação.
“Além de palestras voltadas para crianças, jovens e adultos, promovemos eventos para arrecadação de fundos, como quermesses, bazares, pizzas, etc.”, afirma a presidente do Núcleo.

Atividades
Os Subsídios Distritais, de acordo com a presidente do Rotary Club de Ituverava, Eny Lucas Roma, financiam atividades de menor porte que atendam às necessidades da comunidade.
“Cada distrito define como custear os projetos. No caso do Distrito 4540, da qual pertencemos, os projetos são no valor de US$ 2 mil, dois quais US$ 1.500 são provenientes do Fundo Distrital de Utilização Controlada (FDCU), e o restante de recursos do clube local ou da entidade contemplada”, explica a presidente.
“A Fundação Rotária administra os recursos e tem como missão a outorga de subsídios para promoção de programas de natureza filantrópica, humanitária, educativa e assistencial”, completa Eny Lucas.

Intercambiária

Durante a reunião, a intercambiária do Equador, Karonlaynne Mishelle Velez Ponce, que chegou a Ituverava em agosto do ano passado, através do Programa de Intercâmbio de Jovens do Rotary Club, proferiu palestra sobre seu país e sua família, destacando tradições e costumes. Ela está hospedada na residência do casal rotário Márcio Alves Cardoso e Janaina Baptista Cardoso.
O oficial de intercâmbio do clube, Amauri Faria de Oliveira, fala sobre o programa de intercâmbio. “É uma honra para o clube proporcionar aos jovens vivenciar experiências tão importantes, como um intercâmbio”, observa.
“Ficamos muito felizes pela oportunidade de enviar e receber jovens para vivenciarem aventuras inesquecíveis. Além disso, a convivência pode proporcionar novas amizades, a chance de conhecer outros países e criar novos vínculos sociais”, completa Amauri Faria de Oliveira.