Santa Casa ultrapassa 100% de ocupação em leitos de UTI para Covid-19

Referência no tratamento da Covid-19 na região, a Santa Casa de Ituverava ultrapassou, nesta semana, a capacidade máxima de leitos destinados para pacientes com Covid-19.
De acordo com o médico do corpo clínico e diretor técnico da instituição, Dr. Gonçalves Dias, na quinta-feira, 30 de julho, a Santa Casa alcançou 130% de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para infectados pelo novo coronavírus. Isso significa que três novos leitos tiveram de ser disponibilizados, pois a Santa Casa já operava em sua capacidade máxima, com os seus 10 leitos ocupados.
“Contudo, seguimos com a nossa missão de prestar serviços de saúde com qualidade e humanização, atendendo a todos os pacientes que chegam à unidade de emergência e internando os casos que necessitam de tratamento intra-hospitalar na UTI da ala Covid que, inclusive, está operando além da capacidade máxima”, disse.

Terceira equipe médica para atendimento a UTI Covid
Em uma breve avaliação da situação epidemiológica do município, o médico relata que até na quinta-feira havia 13 pacientes internados na Santa Casa, de Ituverava e região, e que para suprir a alta demanda foi montada uma terceira equipe médica.
“Para atender essa demanda excessiva tivemos que montar mais uma equipe médica, de enfermagem e fisioterapia, ou seja, é a terceira equipe que está atuando dentro da UTI da ala Covid desde ontem à noite. Como já expliquei, uma equipe consegue oferecer atendimento a cinco pacientes infectados, pois são casos complexos que aspiram cuidados acima da média. Na UTI geral, a média é de uma equipe para cada 10 pacientes”.
“Também foi necessário aumentar os equipamentos, como monitores, respiradores, bomba de infusão, etc. Para isso, contamos sempre com o apoio da diretoria administrativa da Santa Casa, que nos dá total segurança para tudo o que precisamos para o bom exercício da medicina”, destaca o diretor.

Fase crítica
Atravessando uma das fases mais difíceis da pandemia em Ituverava até o momento, Dr. Gonçalves alerta que o crescimento de casos da doença em toda a região reflete diretamente no número de pacientes internados e na taxa de ocupação.
“Até então não solicitamos vagas em outros hospitais para pacientes positivos para Covid-19 que chegam para tratamento na Santa Casa. Estamos aguentando firme, porém, muito preocupados pois não sabemos o que vem pela frente e talvez chegue um momento que não teremos condições de atender a demanda”, observa.
“Estaremos lotados e estagnados, sem condições de ampliar o nosso atendimento, como temos feito rotineiramente, visto que equipamentos, EPIs e insumos temos condições de adquirir, agora recursos humanos, como médicos, profissionais de Enfermagem e Fisioterapia, etc, são limitados, e uma vez esgotados, não há o que fazer”, lamenta o cirurgião.

Apelo
Diante do cenário, Dr. Gonçalves faz novamente um apelo para que população fique em casa sempre que for possível, redobre os cuidados de higiene pessoal, use máscara e respeite os demais critérios de distanciamento social.
“Se as pessoas não tomarem os cuidados citados, o coronavírus vai continuar entre nós por muito tempo. Então, peço que a população de Ituverava nos ajude nesse aspecto, seguindo as regras e orientações médicas, pois só assim poderemos ter o controle da Covid-19”, completa o diretor técnico da Santa Casa, Dr. Gonçalves Dias.

Ituverava
Santa Casa Ituverava
Leitos SUS
06 – Leitos Clínicos: 03 ocupados.
10 Leitos de UTI: 13 ocupados

Leitos Não SUS
02 Leitos Clínicos: 01 ocupados
02 Leitos UTI: 03 ocupados

Franca
Santa Casa
24 Leitos Clínicos: 11 ocupados
20 Leitos de UTI: 19 ocupados
05 Leitos UTI infantil: 0 ocupados

São Joaquim da Barra
Leitos SUS
05 Leitos Clínicos: 04 ocupados
05 Leitos UTI: 05 ocupados

Leitos Não SUS
15 Leitos Clínicos: 06 ocupados
05 Leitos UTI: 05 ocupados