Economia

Voltar | Indique para um amigo | imprimir

05/09/2011

BUSA FIRMA PARCERIA COM EMPRESA CHINESA

Representantes da Busa e das empresas chinesas envolvidas na parceria

Ass duas empresas devem fabricar em conjunto máquinas agrícolas com as mais novas tecnologias do mercado

AChina é considerada o futuro do mercado mundial. O país é atualmente um dos mais atraentes para investidores de todo o mundo, pois está em franca expansão. Dentre todos os investidores e parceiros da China, a Busa Indústria e Comércio de Máquinas Agrícolas Ltda – uma das maiores empresas fabricantes de equipamentos voltados para a cotonicultura do Brasil – com filosofia de se integrar cada vez mais no mudo globalizado, não poderia ficar de fora deste cobiçado mercado.

A empresa Busa firmou em março deste ano, parceria com a Sinocot, o maior conglomerado industrial chinês no seguimento do algodão, tendo em sua estrutura empresas fabricantes de máquinas, e de comercialização de commodities, dentre outras. “O compromisso, reforçado em abril com nova visita à China, trouxe a nossa cidade uma delegação que foi recebida na sede da Busa de 22 de agosto a 1º de setembro, com o objetivo de estudar viabilidade de novos convênios”, explica o diretor da Busa, Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”).

O acordo foi firmado, e estabelece o compromisso das duas empresas fabricarem em conjunto máquinas agrícolas com as mais novas tecnologias do mercado, além da já tradicional qualidade da marca Busa. O acordo ainda prevê parceria com outras empresas chinesas, ligadas à Sinocot.

Participaram dos encontros, o diretor da Busa, Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”); o representante da Sinocot, Wang Jian; os representantes da Nantong Prensas, Cui Jianxin e Qiqiang Zhang; o representante da Cotton Chine Uni Bioscience, Tang Jinquan; o representante da Handan Golden Lion Cotton Machinery, Li Shuxin; o representante da China Cotton Machinery and Equipment, Han Jin; o gerente de comércio exterior da Busa, Evandro Lopes de Oliveira; o coordenador de comércio exterior para novos mercados da Busa, Fernando Maeda, o gerente comercial da Busa, Eduardo Rodrigues e o engenheiro da Busa, Hans Tubben.

De acordo com Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”), a parceria possibilitará a implantação de novas tecnologias e fortalecerá a empresa no mercado internacional. “Haverá uma espécie de intercâmbio entre as empresas, onde representantes da Sinocot e da Busa trocarão experiências. O intuito é aproximar as duas empresas para que a parceria funcione muito bem, fortalecendo-as no mercado mundial”, afirma Busa.

“A parceria estava sendo negociada há alguns anos, e finalmente conseguimos fechá-la, motivo pela qual estou muito feliz. Além de mesclarmos as tecnologias das duas empresas para oferecer máquinas com maior qualidade, é uma forma da Busa se fortalecer ainda mais no mercado internacional e buscar novos mercados, pois todas as máquinas produzidas em conjunto terão a logomarca das duas empresas”, ressalta o empresário.

Em entrevista traduzida pelo “Busa”, o diretor comercial da Nantong, uma das empresas da Sinocot; Cui Jianxin falou sobre o acordo entre as empresas. “Decidimos fechar com a Busa por ser uma empresa renomada, e os produtos que ela fabrica são de muita qualidade. É uma ótima oportunidade para as duas parceiras. Acredito que teremos bons resultados”, enfatiza Jianxin.

Empresa nunca investiu
tanto quanto em 2011

Ao completar 55 anos de atividade, a Busa Indústria e Comércio de Máquinas Agrícolas Ltda – é uma das empresas mais representativas do Brasil no mercado mundial, e que está em Franca expansão. A empresa, hoje é líder nacional na produção de máquinas agrícolas, está instalada às margens da Rodovia Anhangüera, em uma área 100 mil m², e conta com 236 funcionários.

Segundo o diretor Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”), a empresa tem investido maciçamente em tecnologia.“Hoje posso afirmar que a Busa tem a mesma tecnologia que as melhores empresas neste segmento dos Estados Unidos. Isso é gratificante, pois através dessa tecnologia de ponta, a empresa se tornou líder nacional”, res- salta.

Hoje a Busa é responsável por 80% na produção de máquinas voltadas para a cotonicultura no Brasil. “Fabricamos máquinas de última geração que fazem o trabalho com precisão e velocidade. Esse é o diferencial da empresa: a tecnologia. Pois graças a ela hoje somos referência mundial em nosso seguimento”,complementa.

Voltar | Indique para um amigo | imprimir