Nossa Capa


Publicidade





Educação

Voltar | imprimir

13/08/2017

ALUNOS DO CURSO DE DIREITO DA FAFRAM REALIZAM JÚRI SIMULADO

Público acompanha transmissão do júri simulado. No destaque, a atividade prática desenvolvido pelos alunos

A Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram) – instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava – promoveu, na última terça-feira, 8 de agosto, a sessão simulada do Tribunal do Júri.

O evento foi realizado no Escritório de Assistência Judiciária (EAJ), no campus I (FFCL), e reuniu autoridades convidadas, professores e alunos do curso de Direito.

A sessão foi presidida pelo juiz de Direito Dr. Clóvis Humberto Lourenço Júnior, que conduziu o júri fictício de Crimes Dolosos Contra a Vida. Atuaram no júri, que foi acompanhado por advogados estudantes através de um telão no Salão Nobre da FE, os alunos da 10ª turma de Direito da Fafram.

Participação
A atividade é realizada anualmente, com a participação de alunos, autoridades jurídicas e convidados. O objetivo desta atividade didática é familiarizar o aluno com o ambiente de um Tribunal, explicar o funcionamento de uma sessão de Júri, bem como, divulgar o curso de Direito.

“O júri simulado é expressamente importante para a familiaridade do acadêmico com o plenário, haja vista que todo caso de homicídio doloso é levado a júri popular”, explica o vice-presidente do Diretório Acadêmico “Dr. Antônio Roberto Sandoval Filho”, Gustavo Custódio Privato Eik.

O diretor da Fafram, Márcio Pereira, elogia a atividade. “É muito importante para dar uma visão prática àquilo que os alunos aprendem em sala de aula ao longo do curso. Fico muito feliz porque os alunos não só participam, mas se empenham para atuar no júri. Estão todos de parabéns”, elogia o diretor.

Ao fim do evento, o DA de Direito presentou o juiz de Direito Dr. Clóvis Humberto Lourenço Júnior com uma caneta.

Voltar | Indique para um amigo | imprimir