Associação Soteiju começa o ano de 2021 sob novo comando

Com a aposentadoria de Paulo Chereguini, o sensei Cleber do Carmo assume o comando da academia

Após uma vida dedicada aos jovens e ao esporte em Ituverava, o sensei Paulo Augusto Chereguini, uma referência no judô no Estado de São Paulo, aposentou-se dos tatames no final de 2020.

Ele, que dirigiu durante muitos anos a Soteiju (Sociedade Técnica Ituveravense de Judô), também se desliga oficialmente da entidade, que é filiada à Federação Paulista de Judô e Confederação Brasileira de Judô (CBJ), desde 18 de outubro de 1991. Desde então, uma nova diretoria executiva assumiu o comando da associação, que é formada por pessoas sérias e comprometidas, como o sensei kodansha Cleber do Carmo, novo presidente eleito por aclamação.

Mesmo com a aposentadoria, Chereguini não pretende se afastar totalmente do esporte, entregando o seu legado a um de seus pupilos, o jovem sensei Luiz Gabriel Furlan Corrêa, graduado Faixa Marrom, apostando na vontade e disciplina do jovem. Entretanto, ele garante que continuará supervisionando o trabalho desenvolvido pela Soteiju e não pretende parar nunca, afinal, judô é para vida toda.

Novidades

Ainda segundo informaçõesda nova direção, após a assembleia e troca da diretoria executiva, o sensei Cleber do Carmo anunciou a implantação de um núcleo em Ituverava, já para o ano de 2021, que vai atender 70 crianças de 4 a 12 anos, para a realização de um dos maiores projetos socioeducacionais de Judô do Estado de São Paulo, o Educa Judô – Fase 04.

Projeto

O programa foi moldado com aporte da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, do Governo do Estado de São Paulo, que direciona a arrecadação de impostos como o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) em benefício de projetos de cunho social.

“A iniciativa é uma parceria que nasceu sob pilares de respeito e responsabilidade e que já rendeu os primeiro frutos”,  firma o novo instrutor da Soteiju.

Continuidade

Do Carmo também falou sobre a missão de dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela associação. “A responsabilidade será muito grande, mas resolvi assumir de corpo e alma esse desafio, pelo carinho que o sensei Paulo Chereguini sempre teve comigo e também pelas propostas que me fez – que atendi prontamente -, sobre fomentar o judô em Ituverava, através das leis de incentivo fiscal, tendo a Soteiju como nova entidade proponente, aceitei sem pensar duas vezes”, completa o sensei.