Brasil joga nesta sexta-feira no Morumbi e na terça-feira contra a seleção do Uruguai

Os jogos da terceira e da quarta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo-2022, vão tirar 18 jogadores de oito times diferentes da disputa do Campeonato Brasileiro e das quartas de final da Copa do Brasil.
A equipe mais prejudicada pelas convocações das seleções do continente é o Palmeiras, que vai ceder cinco atletas para quatro países e desmontar quase todo o seu sistema defensivo titular.
O goleiro Weverton e o lateral direito Gabriel Menino, foram chamados por Tite para a Seleção Brasileira. O zagueiro Gustavo Gómez, vai defender o Paraguai, o lateral esquerdo Matías Viña vai defender o Uruguai. Outro palmeirense, o defensor Leonardo Zabala, normalmente utilizado pelo time sub-20, está na lista da Bolívia.
O quinteto será desfalque para Abel Ferreira nas partidas contra o Ceará, amanhã, pela Copa do Brasil, e Fluminense, sábado, pelo Brasileiro. Talvez esteja à disposição do treinador português no confronto de volta contra os nordestinos, na quarta da próxima semana.

Outras equipes
Atlético-MG e Flamengo, que vão ceder três jogadores cada para as seleções sul-americanas, também têm compromissos pelas duas competições no período. Grêmio, Corinthians, Santos, Red Bull Bragantino e São Paulo são os outros times da primeira divisão nacional que serão impactados pelas eliminatórias.
Além deles, dois times da Série B também terão seus elencos esvaziados por conta da Data Fifa. Afinal, a Bolívia vai tirar Antonio Bustamante e Marcelo Moreno de Náutico e Cruzeiro, respectivamente.
Das dez seleções que disputam o qualificatório da América do Sul para o Mundial do Qatar, nove convocaram pelo menos um jogador que atua no país para seus compromissos de novembro. O Peru foi a única exceção à regra.

Lista do Brasil
Brasil e Venezuela são as equipes que mais vão desfalcar os clubes do país do futebol. Além de Weverton e Menino, a lista de Tite tem ainda os flamenguistas Éverton Ribeiro e Pedro. Já a convocação venezuelana traz jogadores de Atlético-MG (Jefferson Savarino), Bragantino (Jan Carlos Hurtado), Corinthians (Romulo Otero) e Santos (Yeferson Soteldo).
E o número de desfalques provocados pelas seleções sul-americanas ainda poderia ser bem maior. Por problemas físicos, o zagueiro brasileiro Rodrigo Caio, o meia uruguaio Giorgian de Arrascaeta (ambos do Flamengo) e o goleiro paraguaio Gatito Fernández (Botafogo) acabaram fora das convocações nas quais inicialmente constavam.

Partidas do Brasil
Nesta Data Fifa, a Seleção Brasileira terá dois compromissos na corrida por vaga no Qatar-2022. Na sexta-feira, a equipe de Tite enfrenta a Venezuela, no Morumbi, em São Paulo. Já na próxima terça, o adversário é o Uruguai, em Montevidéu.
A seleção pentacampeã mundial de futebol e a Argentina são os únicos que têm 100% de aproveitamento depois da disputa das duas primeiras rodadas das eliminatórias. Os brasileiros derrotaram Bolívia e Peru, enquanto Messi e cia. desbancaram o Equador e também os bolivianos.

Convocados que atuam no Brasileirão

Brasil: 4
Gabriel Menino (Palmeiras)
Éverton Ribeiro (Flamengo)
Pedro (Flamengo)
Weverton (Palmeiras)

Venezuela: 4
Jan Carlos Hurtado (RB Bragantino)
Jefferson Savarino (Atlético-MG)
Romulo Otero (Corinthians)
Yeferson Soteldo (Santos)

Chile: 2
César Pinares (Grêmio)
Mauricio Isla (Flamengo)
Equador: 2
Alan Franco (Atlético-MG)
Robert Arboleda (São Paulo)

Paraguai: 2
Gustavo Gómez (Palmeiras)
Júnior Alonso (Atlético-MG)

Argentina: 1
Walter Kannemann (Grêmio)

Bolívia: 1
Leonardo Zabala (Palmeiras)

Colômbia: 1
Luis Orejuela (Grêmio)

Uruguai: 1
Matías Viña (Palmeiras)