Catálogo da HBO Max apresenta várias produções da DC Comics

A DC novamente retorna aos cinemas com O Esquadrão Suicida, novo filme de James Gunn trazendo novos e antigos personagens em mais uma missão, literalmente, suicida para tentar manter a paz no mundo.
Enquanto o novo filme já conquistou a crítica e o público segue em exibição nos cinemas, você pode aproveitar o momento para conhecer ou rever obras incríveis da DC que estão disponíveis na HBO Max. Confira a lista feita pelo site Conexão Tocantins.

Liga da Justiça de Zack Snyder
Um dos maiores lançamentos da DC neste ano aconteceu justamente na HBO Max após anos de batalha entre os fãs de Zack Snyder com a Warner. Desde 2017, por inúmeros problemas de produção, os fãs clamavam pela versão original de Liga da Justiça, exatamente como idealizada por Snyder.
Em um momento raríssimo na história de Hollywood, a Warner cedeu ao apelo e permitiu que Snyder finalizasse a sua versão, injetando ainda mais dinheiro em um filme que decepcionou nas bilheterias. Com mais de quatro horas de duração, a versão definitiva do filme, porém, se provou um grande sucesso, alavancando as assinaturas do streaming.
No filme, Batman ao lado da Mulher-Maravilha, busca mais heróis com superpoderes para formar um time excepcional de heróis para impedir a destruição do mundo que está sob ameaça com a chegada do alienígena Lobo da Estepe. O vilão, em busca das caixas maternas, destrói tudo ao seu caminho para abrir um portal interdimensional permitindo a invasão planejada por Darkseid e seu tirânico exército de parademônios.

Trilogia do Cavaleiro das Trevas
O renascimento da DC também acontece muito por causa dos esforços notáveis de Christopher Nolan quando Batman Begins foi lançado em 2005. O cineasta conseguiu reformular o personagem do Cavaleiro das Trevas completamente após uma sucessão de filmes ruins lançados em 1990 nas mãos de Joel Schumacher.
O que foi iniciado então em 2005, virou um fenômeno em 2008 com Batman: O Cavaleiro das Trevas, trazendo Heath Ledger na melhor interpretação de sua vida como Coringa em uma narrativa de tirar o fôlego e surpreender muito até mesmo hoje. O filme é considerado uma verdadeira obra-prima do gênero mostrando o quão complexo consegue ser o universo do Morcego.
A conclusão épica disso tudo aconteceu no final da trilogia em 2012 com Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge que, apesar de ser uma iteração mais fraca que o segundo filme, ainda traz momentos verdadeiramente épicos abordando as consequências de uma longa carreira como vigilante noturno na saúde de Bruce Wayne e como ele consegue superar diversos obstáculos.

Superman e Lois
A inesperada e elogiada série da CW prova que a televisão ainda consegue mostrar muito de sua força para contar ótimas histórias sobre personagens consagrados como é o caso de Superman e Lois.
Na série, após anos lutando contra o crime em Metropolis, Clark Kent decide se mudar de volta à Smallville com sua esposa Lois Lane. Ambos decidem que lá é o melhor lugar para criar seus filhos Jonathan e Jordan.
Porém, conforme ambos crescem, Clark precisa encarar os desafios mais difíceis da sua vida: os da paternidade, além de tentar orientar ambos para o bem já que os dois começam a manifestar superpoderes.

Coringa
A DC também não vive somente de seus grandes heróis. A prova disso foi o sucesso estrondoso de crítica e bilheteria com Coringa estrelado por Joaquin Phoenix conquistando diversas indicações ao Oscar e até mesmo faturando o principal prêmio do Festival de Cinema de Veneza, um dos mais importantes do mundo.
Situado em seu próprio universo, Coringa traz a história do perturbado e abandonado Arthur Fleck, um homem sem perspectiva que vive em constante estado de miséria e solidão, fazendo o melhor possível para cuidar de sua mãe, sua única amiga.
Em uma rodada de azar após perder o emprego, Fleck também descobre que se tornou uma piada em Gotham por conta dos seus fracassos constantes em tentar se tornar um comediante de stand up. Completamente quebrado psicologicamente, Fleck então decide provar a importância de sua existência através da violência trazendo uma onda de caos em Gotham.

Watchmen
Aqui a recomendação é para a série excelente de Damon Lindelof que agitou o mundo em 2019, dez anos após a estreia do filme de Zack Snyder que adapta os quadrinhos cultuados de Alan Moore.
A série se trata de uma sequência direta das HQs, ignorando completamente a existência do filme de 2009. Nela, vemos a detetive de polícia Angela Abar que também é uma justiceira mascarada conhecida como Sister Night tentando resolver um enorme mistério envolvendo um assassinato de um amigo próximo.
O que ela não espera é descobrir que esse seu mesmo amigo participava de uma seita supremacista inspirada por Rorschach, um vigilante morto integrante original do grupo justiceiro Watchmen. A cada passo na investigação, Abar descobre os planos por trás do grupo e percebe que o caso se trata ainda muito mais grave do que imaginava.

Harley Quinn
Percebendo o enorme sucesso encontrado na Arlequina de Margot Robbie, a DC tardou, mas não falhou ao produzir uma série destinada exclusivamente para a personagem. Nessa produção animada para adultos, Arlequina termina seu relacionamento tóxico com o Coringa e parte para encontrar seu próprio lugar dentro da criminalidade de Gotham.
Em suas aventuras, percebe que é capaz de causar um bom estrago completamente sozinha, mas que se sente muito melhor acompanhada pela vilã Hera Venenosa.
Parceiras no crime e também em outras coisas, a dupla acaba enfrentando de frente vilões clássicos do Batman, além de ter encontros com outros heróis consagrados da DC.
O humor irreverente e a paródia autoconsciente metalinguística no melhor estilo de Deadpool são marca registrada da série que é bastante elogiada.