Confira alguns livros que serão lançados ainda no mês de outubro

Que tal curtir outubro acompanhado de um livro bacana? Confira uma lista com os principais lançamentos literários do mês para ajudar você a escolher sua próxima leitura:

A dança da água, de Ta-Nehisi Coates (Intrínseca, 400 páginas, R$ 59,90)

Fruto de uma década de trabalho, esse livro conta a história de Hiram Walker, jovem negro que é escravizado pelo próprio pai, senhor de escravos, nos Estados Unidos do século 19. Após quase morrer afogado nas águas de um rio, o homem descobre um poder enorme dentro de si — e com ele a urgência de se livrar das amarras impostas pelo racismo.
Em uma narrativa imaginativa que varia entre socos no estômago e pausas reflexivas, A dança da água é uma leitura ficcional necessária para compreender a realidade. “Meu papel foi contar o papel do escravo. Para a história do senhor não faltam narradores”, diz o autor.

Janis Joplin: sua vida, sua música, de Holly George-Warren (Seoman, 432 páginas, R$ 69,90)

Não tem como falar de rock sem falar de Janis Joplin — e isso fica ainda mais evidente nessa biografia escrita pela norte-americana Holly George-Warren.
No livro, o leitor descobre como a breve passagem da artista pelo mundo da música mudou a indústria fonográfica e como a cantora serviu (e ainda serve) de inspiração para gerações de mulheres que vieram depois dela.

Crítica da razão pura, de Immanuel Kant (Edipro, 590 páginas, R$99,90)

Este clássico, publicado originalmente em 1781, revolucionou a filosofia ocidental e é obra de referência para pensadores até os dias de hoje. A edição conta com apresentação e notas do tradutor, o que contribui para a compreensão do texto.

Piano Mecânico, de Kurt Vonnegut (Intrínseca, 496 páginas, R$ 69,90)

Publicado originalmente em 1952, o livro relata o cotidiano em um futuro distópico no qual as máquinas controlam tudo e a estratificação social não se dá pelo dinheiro, e sim pela inteligência. Romance de estreia de Kurt Vonnegut, o livro volta ao país após 40 anos fora do mercado brasileiro.

Um truque de luz, de Stan Lee e Kat Rosenfield (Record, 350 páginas, R$ 57,90)

Dois adolescentes com histórias de vida nada convencionais se unem para corrigir os problemas do mundo após se conhecerem pelas redes sociais. Um truque de luz é o primeiro volume da série Alianças, ambientada no universo Alianças de Stan Lee.

A garota que lê no metrô, de Christine Féret-Fleury
(Valentina, 160 páginas, R$ 34,90)

As rotineiras viagens de metrô são um verdadeiro passatempo para a francesa Juliette, que gosta de observar seus tão conhecidos companheiros de vagão. A perspectiva da jovem muda, entretanto, quando ela decide realizar seu trajeto diário a pé e conhece o iraniano Soliman e sua filha Zaïde.

A regra é não ter regras: a Netflix e a cultura da reinvenção, de Reed Hastings e Erin Meyer (Intrínseca, 352 páginas, R$ 39,90)

Em seu primeiro livro, o CEO da gigante do entretenimento Netflix conta como a criatividade e a resiliência foram essenciais para o triunfo da empresa. O trabalho conta com a colaboração de Meyer, especialista no mundo dos negócios, que traz reflexões importantes sobre o case de sucesso.

A caminho da guerra: os Estados Unidos e a China conseguirão escapar da Armadilha de Tucídides?, de Graham Allison (Intrínseca, 416 páginas, R$ 34,90)

Graham Allison é diretor da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, e ex-conselheiro no Departamento de Defesa nos governos Reagan, Clinton e Obama.
Neste livro, o especialista analisa como um mecanismo de guerra desenvolvido há mais de 2 mil anos para explicar a guerra entre Atenas e Esparta pode dar pistas importantes sobre o relacionamento muitas vezes conflituoso entre os EUA e a China.