Coordenadoria Regional divulga estimativa de safra 2019/2020

Levantamento mostra que a cana-de-açúcar continua sendo a principal cultura da região

Cana-de-açúcar continua sendo a principal cultura da região

A Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável, regional de Orlândia, órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento que abrange doze municípios da região, divulgou estimativa subjetiva de previsão das culturas de cana-de-açúcar, milho e soja plantadas na safra 2019/2020 na região.
Segundo o engenheiro agrônomo Paulo Cesar da Luz Leão, diretor-técnico do Escritório de Desenvolvimento Rural de Orlândia (EDR), os dados divulgados da safra agrícola das principais culturas da região fazem parte de um levantamento subjetivo de previsões e estimativas das safras agrícolas realizado pela Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável em conjunto com o Instituto de Economia Agrícola.

Cana-de-açúcar
Os números preliminares apontam que a cana-de-açúcar continua sendo a principal cultura da região, com área nova e em produção de 424.768 hectares, equivalente a 175.524 alqueires. A produção é estimada em 28.201.536 toneladas, com produtividade média de 76 t/hectares, na área em produção.
A região de Orlândia se destaca como a segunda maior região produtora de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo, perdendo apenas para a região de Barretos, principal região produtora.
No município de Ituverava, segundo o levantamento, a estimativa de produção para a cultura é de 4.275.000 toneladas, com produtividade média de 90 t/hectares.
Destaca-se também na região abrangida pelo EDR, o município de Morro Agudo, com a maior área plantada com cana-de-açúcar (111.000 hectares), seguido de Ituverava (56.000 hectares) e de Miguelópolis (45.133 hectares).

Cultura da Soja
Outra cultura que se destaca na região é a da soja, plantada em uma área de 65.750 hectares e com estimativa de produção de 3.541.450 sacas/60kg, com produtividade média de 54 sacas/hectares.
Ituverava, Morro Agudo, Miguelópolis e Ipuã foram os municípios com maiores áreas plantadas com a cultura. Em Ituverava, a estimativa de produção da soja é de 450.000 sacas/60kg, com produtividade média de 50 sacas/há.

Milho na região
A cultura do milho na safra de verão foi plantada em uma área de 3.980 hectares, cuja produção pode alcançar 487.100 sacas de 60 kg, com produtividade média estimada de 122 sacas/hectares. A maior área plantada foi no município de Morro Agudo.
Em Ituverava, a produção foi estimada em 10.000 sacas/60kg, com produtividade média de 100 sacas/hectare.
Para culturas de inverno, como milho safrinha e sorgo granífero da seca, as estimativas são preliminares e podem sofrer alterações de área e produção em função de novo levantamento a ser realizado até o final da colheita.

Produtividade

O diretor-técnico do Escritório de Desenvolvimento Rural de Orlândia – EDR, o engenheiro Paulo César da Luz Leão, faz um comparativo da produtividade da safra na região.
“No levantamento da safra 2019/20, o resultado mostra que a produtividade do milho na região (7.320 kg/hectares foi 16% superior se comparado a produtividade média obtida em nível de estado na safra anterior, que foi de 6.325 kg/hectares).
A produtividade da soja na região (3.240kg/hectares) foi 7% superior à do estado na safra anterior (3.025 kg/há). Quanto a cana-de-açúcar a estimativa é que a produtividade seja próxima à da safra anterior que fechou em 77.6 t/hectares, afirma o engenheiro.
“De um modo geral, as principais culturas plantadas na região tiveram bom desempenho na safra 2019/2020, e a comercialização de grãos está favorecendo a rentabilidade do produtor”, completa Paulo César da Luz Leão.