Dois brasileiros vencem o ‘Oscar dos Quadrinhos’

Os brasileiros Fido Nesti e Mike Deodato Jr. ganharam o Oscar dos Quadrinhos. Trata-se do prêmio Eisner, a principal honraria da categoria. O evento ocorreu na sexta-feira, 22 de julho, na Comic Con de San Diego, na Califórnia (EUA).
De autoria de Deodato Jr., a história em quadrinho (HQ) Nem Todo Robô venceu a categoria de “melhor publicação de humor”. A HQ é fruto de uma parceria entre o brasileiro Mark Russell, outro quadrinista.
O trabalho também foi indicado para a “melhor nova série”, mas perdeu para The Nice House on the Lake, de James Tynion IV e Álvaro Martínez Bueno.
“Apesar de ter amado o roteiro de Nem Todo Robô, não estava certo se seria capaz de entregar o humor que a série pedia”, escreveu Deodato nas redes sociais. “Por sorte, meu amigo e editor Axel Alonso tinha as palavras certas e sábias que eu precisava ouvir”.

Melhor adaptação
Já Nesti, foi premiado na categoria de “melhor adaptação de outro meio” pela HQ George Orwell’s: 1984: The Graphic Novel. “Uau! Muito feliz e ainda atordoado com o que aconteceu ontem à noite”, escreveu nas redes sociais. “Dedico esse reconhecimento especial a todos!”

Outros concorreram Outras oito pessoas concorre

ram com os brasileiros na categoria “melhor publicação de humor” e “melhor adaptação de outro meio”.

Comic Com

Fundada em 1970, a Comic Con é uma convenção de entretenimento que ocorre anualmente em San Diego, na Califórnia (EUA). O evento que tem duração de quatro dias também é conhecido como um dos maiores de cultura geek do mundo. A convenção deste ano foi a primeira presencial, desde o início da pandemia de covid-19.
Em 2022, o evento começou na quinta-feira, 21 de julho, e terminou domingo, dia 24. A programação conta com anúncio de novos filmes, divulgação de trailers, painéis de conversa com elenco de séries e filmes, etc.