Doria vai inaugurar escritório do governo de SP em Nova York

Escolhido candidato do PSDB à Presidência em 2022, Doria aproveitará a agenda internacional para fazer sinalizações ao mercado financeiro

Fábio Vieira/Metrópoles

Nova York – Recém-escolhido o candidato do PSDB à Presidência em 2022, João Doria desembarca nesta quarta-feira (1º/12) nos Estados Unidos com uma comitiva de mais de 20 empresários para inauguração do escritório do governo de São Paulo em Nova York.

O evento que já estava previsto desde o início do ano ganhou um novo tom após o resultado das prévias tucanas. Além de fazer a ponte entre as empresas de São Paulo e o mercado norte-americano, Doria aproveitará a viagem para se colocar como candidato e fazer sinalizações ao mercado financeiro brasileiro.

No momento, pesa contra o tucano o fato de o pré-candidato ao governo Sergio Moro ter indicado que terá o ex-presidente do Banco Central Affonso Celso Pastore como principal assessor econômico na campanha.

Presidente do BC entre 1983 e 1985, Pastore é um nome que mais agrada o mercado financeiro no momento. Ele é admirado por ter tido papel efetivo na negociação com banqueiros credores e com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para amenizar a recessão brasileira.

Por outro lado, acompanha o governador na agenda internacional, o secretário de Fazenda Henrique Meirelles. Ex-ministro da Fazenda do governo Michel Temer, Meirelles (PSD) será o coordenador do plano de governo de Doria na área econômica.

Conta a favor do governo paulista a projeção de crescimento do PIB do estado, estimada em 7,1% pela InvestSP, enquanto a expectativa nacional é de 4,6%.

Em Nova York, o governador terá agenda com o prefeito eleito de Nova York Eric Adams e com o ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg, além de encontros com executivos do Bank of America, do Goldman Sachs, JP Morgan e do Banco Itaú.

Participam da viagem executivos de organizações como a Cacau Show, Agrimpex, Fazenda Bahia, Sinditêxtil-SP, Itaipu, Instituto Butantan e Sabesp.

Internacionalização

O escritório, que será inaugurado oficialmente na quinta-feira (2/12), tem objetivo de estreitar as relações comerciais entre empresas brasileiras e internacionais sediadas nos Estados Unidos, no Canadá e no México.

No comando da nova unidade está o advogado e especialista em direito econômico Maurício Abadi. Antes de assumir a nova posição, Abadi foi vice-presidente do Morgan Stanley e vice-presidente executivo do Banco Safra.

“A base no maior centro financeiro do mundo atuará na atração de mais investimentos para o estado e no apoio à internacionalização das empresas paulistas”, diz comunicado entregue aos empresários que participam da missão.

Expansão

Esta é a quarta representação do governo com foco em negócios em território estrangeiro. Em julho deste ano, o governador inaugurou um escritório em Munique, na Alemanha. Há ainda uma unidade em Dubai, nos Emirados Árabes, e outra em Xangai, na China.

A unidade na China foi a principal responsável por conduzir parte das negociações entre o Instituto Butantan e a Sinovac que possibilitaram a parceria na produção da Coronavac.

Os escritórios ficam sob comando da agência InvesteSP, ligada ao governo do estado, mas que também conta com recursos de empresas associadas.

Fonte: metropoles.com