Estados Unidos pretendem reduzir nível de nicotina no cigarro

FDA, agência americana responsável pelo controle de alimentos e medicamentos, deu o primeiro passo em direção limitação do nível de nicotina nos cigarros. Em um passo histórico dado na quinta-feira, a agência anunciou um plano de ação que tem como objetivo reduzir drasticamente a quantidade de nicotina no produto, chegando a um nível que não vicie.

“Esse novo passo pode ajudar a evitar milhares de mortes relacionadas ao tabaco ao redor do país”, disse Scott Gottlieb,  porta voz da instituição. Estima-se que só nos Estados Unidos, o consumo de cigarro seja responsável por 1.300 por dia ou cerca de 480.000 óbitos por ano.

Além da regulamentação do nível de nicotina, a proposta da agência visa limitar os agentes aromatizantes, como o mentol, que podem tornar os cigarros mais atraentes e aditivos. Entretanto, a medida deve seguir um longo caminho regulatório até ser aprovada.

Desde 2009, quando recebeu permissão para regulamentar os componentes dos cigarros e outros produtos à base de tabaco, a agência tenta, sem sucesso,criar regras mais rígidas para reduzir os males associados ao consumo de produtos derivados do tabaco.