Etec de Ituverava recebe segundo melhor jogador de xadrez do Brasil

Alunos, professores e convidados prestigiam o enxadrista. No destaque Alexandr Fier

A corrida 100K Trail Run será disputada em várias categorias entre as cidades de Franca e Rifaina

A Etec Professor José Ignácio Azevedo Filho recebeu ontem, sexta-feira, 10 de junho, um dos 14 grandes mestres de xadrez brasileiro e o segundo melhor jogador da modalidade, Alexandr Fier.
Na ocasião, ele proferiu palestra para os alunos, onde abordou diversos aspectos sobre o esporte e também participou de partidas simultâneas com as equipes masculina e feminina da instituição, e outros convidados. O evento foi aberto ao público e contou com o apoio das empresas Lim-Par, Marajoara Auto Posto, Ótica Ocular e Redil Vida – Home Care.
O professor da Etec e apreciador da modalidade, Gustavo Antônio da Silva fala sobre a importância de estimular a pratica esportiva nos alunos e, em especial, o xadrez. “É uma disciplina obrigatória em diversos países principalmente, naqueles que possuem o IDH muito alto de modo geral, como os países nórdicos”, afirma.
Benefícios da modalidade
“O xadrez ajuda a desenvolver, entre outras coisas, o raciocínio lógico, concentração, paciência e noções de estratégia. Portanto, jogar xadrez pode contribuir muito além da prática de um esporte, mas no desenvolvimento de competências necessárias tanto para a vida pessoal, como também acadêmica e profissional”, observa.
“Desconheço outro evento dessa magnitude que já tenha acontecido em Ituverava e, principalmente, pela presença do enxadrista Alexandr Fier, que é um dos 14 grandes mestres de xadrez da história do Brasil. A sua passagem pela escola, com certeza, serviu para estimular a prática do xadrez entre os alunos, incentivá-los a acreditarem nos seus sonhos e mostrar os benefícios que esse esporte proporciona”, destaca Gustavo Antônio da Silva.

Projeto
Ele ainda lembra que a Etec desenvolve um projeto há cerca de 10 anos, voltado para incentivar e desenvolver a prática do xadrez entre os estudantes e tem colhidos bons frutos. “Nossas equipes sempre participam de competições à nível regional e estadual, conquistando excelente colocações”, enfatiza.
“A escola está de portas abertas para a comunidade e aqueles que queiram conhecer o projeto e, aproveitando a oportunidade, agradeço a todas as empresas parceiras que contribuíram para viabilizar a vinda do Alexandr Fier à Ituverava”, finaliza o professor.

Alexandr Fier

Natural de Joinville, Santa Catarina, Alexandr Fr iniciou sua carreira muito jovem, vencendo o campeonato paranaense sub-10 logo aos seis anos de idade. Ainda nas categorias de base, destacou-se pela conquista do vice-campeonato mundial sub-10 em 1998, disputado na Espanha.
A partir daí não parou mais de crescer, se tornando Grande Mestre em 2006, aos 18 anos, e sendo campeão brasileiro em 2005, 2017 e 2019. Fier representou o Brasil na Copa do Mundo de Xadrez, que foi disputada na Rússia. O catarinense chegou até a segunda rodada da competição, quando teve pela frente o GM indiano Vidit Gujrathi, atual número 22 do mundo.