Explore as melhores plataformas de streaming do mundo dos games

Videogames hoje em dia são uma indústria que movimenta muito dinheiro. Desde as mega-produções anuais até campeonatos, a popularidade e o lucro que os jogos vêm trazendo são enormes.
E os jogadores não profissionais também têm oportunidades hoje em dia, graças ao streaming. Mas, entre as várias plataformas de streaming que estão disponíveis para o público, qual é a melhor hoje em dia? Confira um comparativo entre quatro plataformas: Twitch, Facebook Gaming, YouTube e a Nimo.Tv.

Twitch
Primeiro, Twitch. Quando se fala de streaming de jogos, é possível que o logo da plataforma até mesmo seja a primeira coisa que vem na sua cabeça. Nascido em julho de 2011 como uma vertente focada em jogos da Justin.TV, a Twitch foi aumentando de popularidade, começando a ter crescimento conforme os e-sports, assim como League of Legends e Dota 2 foram também crescendo e tendo mais transmissões na plataforma.
Hoje, quase 10 anos depois de seu nascimento, a plataforma já é conhecida por boa parte do público gamer, tem lugar cativo em histórias da cultura pop, como o Twitch plays Pokémon, e os criadores mais famosos da plataforma são alguns dos streamers que mais ganham no planeta.

YouTube
O YouTube, embora mais conhecido pelos seus vídeos em demanda, também tem um serviço de streaming, ou, melhor dizendo, lives. Assim como o Twitch, ele conta com muitas regras de comunidade que devem ser seguidas, mas o YouTube acaba não favorecendo tanto em pesquisas os criadores mais populares, dando mais chances de novatos serem assistidos.
Além disso, o YouTube permite que usuários editem as thumbnails (as capas) de seus vídeos, dando mais customização e mais uma forma de poder chamar a atenção – além de contar com uma bandeira própria, o YouTube Gaming, que mostra todos esses conteúdos.

Facebook Gaming
O Facebook Gaming é um caso curioso. Embora os números de espectadores na plataforma não cheguem ao nível da Twitch, suas taxas de monetização são maiores e, por fazer parte da atual maior rede social do mundo, é mais fácil para os streamers novatos começarem uma comunidade lá. Porém, é importante notar que o Facebook Gaming também conta com conexões com Instagram, o que permite que o dono do canal tenha maiores possibilidades de anunciar seus streams.

Nimo.TV
Por último, a Nimo.Tv. Ela é uma plataforma de streaming chinesa em parceria com a Tecent, uma das maiores produtoras de jogos mobile dos últimos anos. Contando com um grande apelo, principalmente para a cena de jogos mobile, como Free Fire, PUBG e Fortnite, mas também tendo transmissão de jogos como League of Legends, a plataforma vem agradando desde sua chegada no Brasil em 2018.
Ela também possui um sistema de monetização interessante, que divide os streamers em classes (Elite Streamer, SS, S, A, B, C, D, E, F, G) e, se todas as metas de cada classe forem atingidas em um dado mês, uma recompensa monetária é dada ao usuário.

Público e monetização
Por mais que todas as plataformas sejam suficientemente agradáveis de se usar, a grande questão para quem quer se tornar um streamer é realmente o público que ele pode atingir. Antes, no texto, comentei que o Facebook Gaming conta com o público da maior rede social do planeta, o que é real e usado como um de seus principais pontos de marketing. Porém, quantos usuários lá dentro e, principalmente, que estão recebendo as notificações do streamer, realmente se interessam pelo conteúdo?
Esse é um problema que as outras 3 plataformas não enfrentam, no caso de Twitch e Nimo.TV serem totalmente focadas em jogos e o YouTube, por mais que tenha vídeos dos mais diferentes focos, nichos e públicos, ainda sim consegue direcionar bem seus conteúdos de streaming.
Porém, o YouTube tem outro problema, pelo menos para os novatos: o caminho para monetização pode ser extremamente longo, o que acaba desanimando muitos. A Twitch deixa claro que o caminho para ser afiliado não é tão difícil, embora para o parceiro seja um pouco mais, e a Nimo.TV conta com seu sistema de monetização própria que depende muito mais das horas exibidas e das visualizações do que atingir metas propriamente ditas.
E, pelo menos no caso do Twitch e da Nimo.TV, que são totalmente focados em jogos, o público já sabe o que esperar, somente tendo que filtrar pelos seus interesses em jogos.
A Nimo.TV sendo o foco de muitos streams de jogos mobile, como o super-popular Free Fire, vai se tornando cada vez mais uma alternativa fantástica para os jogadores de celular, enquanto a Twitch, com suas parcerias com várias empresas de jogos, stream nativo de plataformas como o PS5 e o Xbox Series X/S e contando com o maior público entusiasta de jogos da internet, é uma opção fantástica também.

Conclusão

É inegável que os 4 serviços tem suas qualidades, mas também olhando por um olhar mesmo de rentabilidade, é claro que as duas melhores opções são a Twitch e a Nimo.TV. Se o foco do streamer for jogos para smartphone, a Nimo.TV é a melhor, e se o foco for console ou PC, a Twitch ainda conta com a maior gama de opções e oportunidades.