Grupo Mãos Dadas inicia projeto de reforço escolar

Com o objetivo de facilitar a aprendizagem dos estudantes que apresentam dificuldades de acompanhar o ritmo da turma e possibilitar o avanço nos resultados estudantis, o Grupo Filantrópico “Mãos Dadas” iniciou, nesta semana, o projeto “Educação de Mãos Dadas”.
A iniciativa, que contará com o apoio voluntário de professores renomados, é gratuita e tem como público alvo alunos do 1º ao 5º ano das escolas da Rede Municipal, que estão com dificuldade ou problemas de aprendizagem.
As aulas estão sendo ministradas diariamente na EMEF “Fabiano Alves de Freitas”, nos períodos da manhã e tarde, das 7h15 às 9h15 e das 13h às 15h30, com revezamento de professores e seguindo todos os protocolos de segurança indicados pelo Ministério da Saúde para evitar a proliferação do coronavírus.
Para participar das aulas de reforço, não é necessário se inscrever no projeto, tendo em vista que a própria unidade escolar encaminhará os alunos que apresentarem maior dificuldade de aprendizagem durante as aulas.

Iniciativa
Uma das voluntárias do Grupo Mãos Dadas, Roberta Foroni de Freitas, fala sobre o projeto “Educação de Mãos Dadas” e explica o seu papel, enquanto ferramenta para reduzir o retrocesso na educação, provocado pela pandemia de Covid-19.
“Devido à pandemia e com a implantação das aulas remotas, muitos estudantes não conseguiram se adaptar muito bem a esse novo ritmo escolar e, por consequência, acabaram ficando “para trás”, comprometendo o seu rendimento. O projeto conta com professoras experientes que terão a missão de auxiliar as crianças da melhor forma possível e com a máxima urgência que elas necessitam”, afirma.
“Estamos muito felizes com esse primeiro passo para ajudar na melhoria da educação das crianças de nossa cidade”, relata a filantropa da entidade.
Maiores informações sobre o projeto “Educação de Mãos Dadas” podem ser obtidas na sede do Grupo Mãos Dadas ou pelo telefone (16) 98218-5108.

Rebatizado
Recentemente, o Grupo Mãos Dadas também passou por uma alteração em seu nome fantasia e agora atende pelo nome de Instituto de Apoio Hilário Alves de Freitas.

Grupo

O grupo filantrópico “Mãos Dadas” foi criado a partir de um movimento solidário formado por moradores de Ituverava, com a finalidade de ajudar o próximo, principalmente, através de doações de alimentos, medicamentos e fraldas, além da realização de eventos, como aniversários de crianças carentes, entrega de brinquedos ou, até mesmo, distribuindo sopa a moradores de rua.