Ituverava proíbe festas e eventos para conter aumento de casos de Covid-19

Novo decreto começou a valer na segunda-feira, 10 de janeiro e seguirá até 31 de janeiro

Com o intuito de tentar conter o aumento de casos de Covid-19 neste início de ano, a Prefeitura de Ituverava decidiu proibir por 21 dias a realização de eventos e festas na cidade. A medida começou a valer na segunda-feira, 10 de janeiro e seguirá até 31 de janeiro.

Assim como Orlândia, o município é um dos que retomaram no estado de São Paulo medidas restritivas para conter o avanço da Covid. Desde a última semana de 2021 até os dias atuais, Ituverava foi surpreendida com um aumento súbito e preocupante no número de casos positivos da doença, pois foram registradas mais de 1 mil pessoas infectadas pelo coronavírus.

De acordo com a publicação, ficam proibidos os eventos culturais e festivos de qualquer espécie em salões de festas, áreas de lazer, edículas, chácaras, buffets, clubes e congêneres. O decreto também recomenda que as pessoas saiam de casa apenas para atividades essenciais e usem a máscara facial permanentemente.  

Multa

De acordo com a administração municipal, as vigilâncias Sanitária e Epidemiológica ficarão responsáveis por fiscalizar o cumprimento das normas, auxiliadas, quando necessário, pela Polícia Militar.   Em caso de descumprimento das regras, as penalidades aos infratores vão de multa no valor de 100 UFESP’s (R$ 31,97 x 100 = R$ 3.197,00) até lacração imediata do local e adoção de medidas judiciais cabíveis. O decreto (Veja o decreto aqui) ressalta ainda que as medidas poderão ser reavaliadas a qualquer momento, mesmo antes do prazo estipulado.