Ituverava tem saldo positivo na abertura de empresas em 2021

Loja Evolução recentemente inaugurada em Ituverava

De janeiro a agosto, foram abertas 361 empresas no município e fechadas 151, segundo Ministério da Economia

Dados do Mapa de Empresas do Ministério da Economia, divulgados na última semana, mostram que o Brasil alcançou a marca de 2,8 milhões de novos negócios abertos, de janeiro a agosto de 2021. Nesse período, o saldo positivo de empresas em funcionamento no país chegou a 1.891.036. O saldo é a diferença entre todos os negócios abertos (2.815.140) e fechados (924.104) no período. O total de empresas ativas no Brasil é de 18.440.986.
Em Ituverava, o saldo também é positivo. Segundo o Ministério da Economia, foram abertas 361 empresas no município em 2021 e fechadas 151, o que representa um aumento de 210 empresas em relação a 2020. Os dados também apontam que Ituverava tem, atualmente, 3.281 empresas ativas, das quais 3.115 são matrizes e 166 são filiais.
O saldo positivo na criação de empresas em Ituverava neste ano é o terceiro maior da microrregião, atrás de São Joaquim da Barra (343, com 570 empresas abertas e 227 fechadas) e Orlândia (295, com 474 empresas abertas e 179 fechadas).
Em seguida vêm Igarapava (155, com 233 empresas abertas e 78 fechadas), Miguelópolis (111, com 188 empresas abertas e 77 fechadas), Guará (96, com 166 empresas abertas e 70 fechadas), Buritizal (42, com 69 empresas abertas e 27 fechadas), Aramina (38, com 58 empresas abertas e 20 fechadas) e Jeriquara (34, com 49 empresas abertas e 15 fechadas).

Outras cidade
As duas maiores cidades da região também registraram saldos positivos. Em Ribeirão Preto, foram abertas 14.331 empresas e fechadas 4.946 (saldo de 9.385), enquanto em Franca foram abertas 6.664 e fechadas 2.193 (saldo de 4.471).

Empresas ativas

O número total de empresas ativas em Ituverava – 3.281 – também é o terceiro maior da microrregião, atrás apenas São Joaquim da Barra (4.824) e Orlândia (4.366). Em seguida vêm Igarapava (2.223), Guará (1.716), Miguelópolis (1.501), Buritizal (479), Aramina (422) e Jeriquara (270). Ribeirão Preto e Franca têm, respectivamente, 103.561 e 45.659 empresas ativas.
Os dados completos podem ser observados no quadro abaixo e mostram que os municípios da região estão acompanhando a recuperação econômica que tem ocorrido em todo o país, uma excelente notícia após tantos impactos sofridos por praticamente todos os setores produtivos do Brasil desde o início da pandemia da Covid-19.

Brasil teve 1,4 milhão de negócios abertos no último quadrimestre

De acordo com o boletim do Mapa de Empresas do Ministério da Economia divulgado na semana passada, o Brasil alcançou a marca de 1,4 milhão de novos negócios abertos, de maio a agosto de 2021. O último quadrimestre segue a tendência já observada nos períodos anteriores, em que o número de empresas abertas ultrapassou a marca de 1 milhão.
O crescimento registrado nos meses de maio a agosto de 2021 representa aumento de 1,9% em relação ao quadrimestre anterior e de 26,5% em comparação com o mesmo período de 2020.
Segundo o Ministério da Economia, o Mapa de Empresas aponta ainda que a Região Norte é um dos destaques na abertura de empresas no país no período de maio a agosto, com quatro estados entre os cinco primeiros no ranking que mede o crescimento percentual de negócios abertos.
O Acre foi o estado que apresentou o maior crescimento percentual no período, com aumento de 26,6% em relação aos primeiros meses de 2021 e de 41,7% quando comparado com o segundo quadrimestre de 2020. Em seguida, no ranking estão os estados do Amapá, Rondônia, Alagoas e Roraima.

Maior fluxo
A atividade econômica que representou o maior fluxo de novos negócios foi a de comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, com 82.943 novas empresas abertas. Houve aumento de 11% em relação aos primeiros meses de 2021 e de 20,7% em relação ao segundo quadrimestre de 2020.
De acordo com o ministério, outros ramos que tiveram destaque foram os de promoção de vendas (67.888 abertas), cabeleireiros, manicure e pedicure (46.137 abertas) e obras de alvenaria (45.957 abertas).

Tempo de abertura

Ainda de acordo com o ministério, o tempo médio de abertura de uma empresa registrado no segundo quadrimestre de 2021 foi de 2 dias e 16 horas. São 13 horas a menos do que registrado nos primeiros quatro meses do ano. Se comparado com o mesmo período de 2020, houve uma redução de 5 horas.
O Estado de Goiás se destaca com o menor tempo para abertura de negócios no período: 1 dia e 2 horas, o que representa uma queda de 16 horas (38,1%) em relação ao primeiro quadrimestre deste ano. Além disso, Goiânia conquistou neste último quadrimestre o posto de mais ágil abertura entre as capitais, com tempo médio de 18 horas. Completam a lista de capitais mais ágeis as cidades de Maceió (AL), Curitiba (PR), Brasília (DF) e Natal (RN), todas com tempo menor que dois dias.
Em Salvador, a abertura de empresas, que chegou a ser feita em 31 dias, atualmente é realizada em 2 dias e 19 horas. Com isso, o município avançou no ranking nacional de tempo de abertura de negócios entre as capitais do país. Segundo o ministério, a redução do tempo de abertura é resultado da integração da capital à Junta Comercial do estado, de modo que os procedimentos necessários para criar um empreendimento são realizados no site da junta, sem a necessidade de coletas adicionais em outros endereços eletrônicos.
A Estratégia de Governo Digital 2020-2022 definiu como meta diminuir para 1 dia o tempo médio de abertura de empresas no Brasil. O objetivo da ação é diminuir a burocracia e, dessa forma, fazer com que a economia gire e empregos sejam criados.

Número de empresas na região

Ituverava
Total de empresas ativas: 3.281
Total de matrizes: 3.115
Total de filiais: 166
Total de empresas abertas em 2021: 361
Total de empresas fechadas em 2021: 151
Saldo: 210

Aramina
Total de empresas ativas: 422
Total de matrizes: 391
Total de filiais: 31
Total de empresas abertas em 2021: 58
Total de empresas fechadas em 2021: 20
Saldo: 38

Buritizal
Total de empresas ativas: 479
Total de matrizes: 454
Total de filiais: 25
Total de empresas abertas em 2021: 69
Total de empresas fechadas em 2021: 27
Saldo: 42

Guará
Total de empresas ativas: 1.716
Total de matrizes: 1.635
Total de filiais: 81
Total de empresas abertas em 2021: 166
Total de empresas fechadas em 2021: 70
Saldo: 96

Igarapava
Total de empresas ativas: 2.223
Total de matrizes: 2.114
Total de filiais: 109
Total de empresas abertas em 2021: 233
Total de empresas fechadas em 2021: 78
Saldo: 155

Miguelópolis
Total de empresas ativas: 1.501
Total de matrizes: 1.439
Total de filiais: 62
Total de empresas abertas em 2021: 188
Total de empresas fechadas em 2021: 77
Saldo: 111

Jeriquara
Total de empresas ativas: 270
Total de matrizes: 259
Total de filiais: 11
Total de empresas abertas em 2021: 49
Total de empresas fechadas em 2021: 15
Saldo: 34

São Joaquim da Barra
Total de empresas ativas: 4.824
Total de matrizes: 4.670
Total de filiais: 154
Total de empresas abertas em 2021: 570
Total de empresas fechadas em 2021: 227
Saldo: 343

Ribeirão Preto
Total de empresas ativas: 103.561
Total de matrizes: 99.365
Total de filiais: 4.196
Total de empresas abertas em 2021: 14.331
Total de empresas fechadas em 2021: 4.946
Saldo: 9.385

Franca
Total de empresas ativas: 45.659
Total de matrizes: 44.381
Total de filiais: 1.278
Total de empresas abertas em 2021: 6.664
Total de empresas fechadas em 2021: 2.193
Saldo: 4.471

Orlândia
Total de empresas ativas: 4.366
Total de matrizes: 4.168
Total de filiais: 198
Total de empresas abertas em 2021: 474
Total de empresas fechadas em 2021: 179
Saldo: 295