NAF inicia atividades com oficinas culturais e esportivas

Jovens participam de
ensinamentos de artes marciais

Interessados em participar de alguns dos projetos devem procurar o NAF, localizado à Rua Cel. Francisco Junqueira, 317

Implantando há poucos meses em Ituverava, o Núcleo de Apoio à Família “José Plínio Romanini” (NAF), projeto do Instituto Valorização daVida (IVVI), deu início, recentemente, as suas primeiras atividades e, apesar de recente, a iniciativa já tem repercutido de forma bastante positiva entre a comunidade.
Entre os projetos iniciados pelo NAF, cujo proposito é reforçar o trabalho do IVVI de prevenção ao uso de drogas na adolescência através de ações socioeducativas, estão oficinas culturais e esportivas.

Oficina de Artes Marciais
Coordenada pelo voluntário Régis da Silva Pires Júnior (“Reginho”), a Oficina de Artes Marciais, inicialmente, tem sido desenvolvida com os acolhidos pelo IVVI, que se encontram no Centro de Recuperação, em funcionamento há 22 anos na Fazenda Pouso Alto.
Devido à pandemia, esse tem sido o principal público atendido pelo projeto, entretanto, de acordo com o vice-presidente do IVVI, José Constantino da Silva (“Tino”), a expectativa é, em breve, ampliar o projeto para crianças e jovens da comunidade no momento mais oportuno.
As aulas acontecem às segundas-feiras. No entanto, existe a possibilidade do projeto ser estendido para mais um dia da semana, às quartas-feiras, de acordo com a demanda.

Oficina de Teatro
Já a Oficina de Teatro está sendo dirigida por Paulo César Bugalho e as aulas ocorrem às terças-feiras, inicialmente, com três adolescentes da Assembleia Flor de Lotus, que experimentam os ensaios de um monólogo e uma peça de comédia. Assim que for permitida a presença de outros interessados serão feitas avaliações e inclusões em novas peças.
O bancário aposentado Paulo César Bugalho sempre trabalhou voluntariamente incentivando e ensaiando jovens em escolas, com aulas de teatro. “Esse trabalho, para mim, é gratificante, por ser uma experiência capaz de engrandecer e mudar para sempre a vida do adolescente, potencializando o seu desenvolvimento”, afirma.
“A vivência do teatro ao jovem é importante por ser um instrumento potente nesse momento de travessia que é a adolescência e que contribui para reforçar vínculos pessoais, ajudando o adolescente a entender-se e aos demais, principalmente ao seu entorno. O teatro também estimula a construção de um pensamento criativo, crítico e autônomo”, completa Paulo Bugalho.

Projeto Para Sempre Amigos
Além desses, o NAF, também está promovendo em parceria com o Projeto “Para Sempre Amigos”, dos irmãos André Jorge Motta Menezes e Bruno Jorge Motta Menezes, uma iniciativa para distribuição de marmitas para moradores de Ituverava em situação de venerabilidade.
No início do mês de maio foi dado o pontapé inicial na ação, com a entrega das primeiras marmitas. As refeições estão sendo preparadas pelo Restaurante Panela Cheia e, desde então, tem sido distribuídas aos moradores de segunda a sexta-feira.

NAF
Com público-alvo voltado para crianças e adolescentes com idade entre 6 e 15 anos e suas respectivas famílias, Tino discorre sobre a nova iniciativa do IVVI.
“Esse serviço de convivência e fortalecimento de vinculo tem como proposta trabalhar a prevenção, permitir trocas culturais de vivência entre pessoas, fortalecendo os vínculos familiares e sociais, incentivando a participação social com o convívio familiar e comunitário e ainda trabalhar o desenvolvimento de sentimento de pertença e identidade”, explica.
“Acredito que, apesar do pouco tempo, o projeto está tendo uma boa aceitação da comunidade. É uma proposta inovadora, que busca reunir vários outros projetos no mesmo local, o que facilita o atendimento da população”, afirma o vice-presidente.
Inscrições
Os interessados em participar de alguns dos projetos devem procurar o NAF, à Rua Coronel Francisco Junqueira, 317 (prédio do antigo Colégio Anglo, em frente ao Supermercado Fartura), ou entrar em contato pelos telefones (16) 3839-2416, 9999-1303 e 3729-6940.
“Em virtude do momento que toda a comunidade está vivendo, estamos com um cadastro ainda em formação, mas que será ampliado com o direcionamento de parceiros”, observa Tino.

Benefícios
Promover o desenvolvimento humano, a qualidade de vida e uma maior autonomia são alguns dos muitos benefícios que o NAF pretende proporcionar aos jovens através das atividades oferecidas.
“Além de oferecer condições para que eles possam assumir o protagonismo de suas vidas, manter um bom relacionamento familiar e sociocultural e desenvolver capacidade para inserção no mercado de trabalho”, conclui o vice-presidente do IVVI, José Constantino da Silva (“Tino”).

Oficina esportiva oferece aulas de Karatê

Como foco nas artes marciais, a primeira modalidade escolhida pela oficina esportiva foi o Karatê, que consiste em uma arte marcial japonesa e um método de ataque e defesa pessoal que inclui diversas técnicas executadas com as mãos desarmadas.
A oficina está sendo conduzida pelo instrutor Régis Pires, que atua com a modalidade Wan-Der-Lee de Karatê e que já participou de diversos campeonatos e torneios.
“Acompanho o trabalho do IVVI faz um tempo e acredito que é imprescindível para a sociedade a forma trabalhada no combate às drogas e recuperação de vidas”, observou. E também sem contar as dificuldades em debater tal assunto em relação à prevenção e ao consumo, que não é uma tarefa fácil. Por isso, é fundamental projetos como o NAF/IVVI, mostrando que a prevenção é o caminho necessário para se coibir o uso/consumo de drogas”, disse o atleta, que também é barbeiro e fundador da Régis Barber Shop.

Benefícios do esporte

Ele ainda falou sobre os benefícios do esporte. “A prática de esporte, sobretudo o karatê, proporciona diversos benefícios como a evolução do condicionamento físico, o desenvolvimento da coordenação motora e dos reflexos, melhora a paciência do praticante, o aumento da resistência do corpo e o fortalecimento do sistema imunológico”, enumerou.
“Além de melhorar o condicionamento físico, as artes marciais especificamente ajudam a desenvolver a mobilidade das articulações, incentivam o autocontrole emocional e estimulam um dos pontos importantes que é o respeito ao próximo e que é ensinado desde a primeira aula. Convido as pessoas e esportistas a conhecerem este lugar incrível e fazer parte desta equipe”, convidou Régis da Silva Pires Júnior, que é casado com Amanda de Oliveira e tem a filha Heloísa de quatro anos.