Netflix anuncia que planeja entrar no mercado de games

A Netflix é a rainha do streaming, com mais de 200 milhões de assinantes. Mas agora parece que a plataforma está voltada para o domínio de uma nova forma de entretenimento: os videogames.
A empresa oferecerá videogames em seu serviço no próximo ano, de acordo com um relatório da Bloomberg. A agência afirma que os videogames aparecerão como um novo gênero na plataforma — semelhante a documentários e especiais de stand-up. A Bloomberg não entrou em detalhes, mas relatou que a Netflix (NFLX) não planeja cobrar mais pelo acesso aos jogos.
Os videogames podem parecer uma combinação estranha para a Netflix, mas com concorrentes como a Disney (DIS) se recuperando rapidamente, a Netflix está procurando ver se pode fazer com os videogames o que fez com Hollywood. Os videogames não são apenas um negócio multibilionário, mas a oferta de jogos pode dar à Netflix sua próxima grande novidade — algo que os críticos dizem que precisa acontecer.
A Disney e a NBCUniversal da Comcast têm várias maneiras de ganhar dinheiro, como a venda de brinquedos do Homem de Ferro e passeios nos parques temáticos do Jurassic Park, de modo que os fluxos de receita das empresas não estão intrinsecamente ligados a seus novos empreendimentos de streaming, Disney + e Peacock. Esse não é o caso da Netflix.

Receita
O principal gerador de receita da empresa está vinculado a cada assinante que ela traz. Até agora, os negócios estão crescendo nesse departamento com a Netflix no topo da montanha de streaming. No entanto, seu crescimento está começando a parecer um pouco lento ultimamente.
O serviço de streaming informou em abril que tem 208 milhões de assinantes globalmente, depois de adicionar 4 milhões no primeiro trimestre de 2021. Esse número não cumpriu as expectativas e as previsões para o próximo trimestre, que a empresa relata na próxima semana, também foram bastante fracas.
A empresa tem procurado diversificar e os videogames podem ser uma maneira inteligente de fazer isso.

Videogame

O mundo dos jogos não é completamente estranho a Netflix. A empresa anunciou um videogame baseado em sua série original de sucesso “Stranger Things” em 2019.
A Netflix contratou Mike Verdu para ser seu vice-presidente de desenvolvimento de jogos e ajudar a empresa em seus esforços de jogos. Verdu tem um pedigree sólido neste mundo desde que foi vice-presidente de conteúdo do Facebook Reality Labs, supervisionando as ofertas de realidade virtual da empresa. Ele também foi o vice-presidente sênior de dispositivos móveis da Electronic Arts ( EA ) — um dos nomes mais importantes do mundo dos jogos.
A Netflix provou repetidamente que pode ter sucesso ao oferecer aos seus clientes novas formas de entretenimento.
No entanto, o comprador deve ficar atento quando se trata de videogames. Outras empresas tentaram — e não conseguiram — fazer o streaming de videogames funcionar. O Google (GOOG) , por exemplo, disse em fevereiro que terminou de fazer videogames menos de dois anos após o lançamento do Stadia, sua nova plataforma de jogos.
A estratégia de jogos da Amazon com “Crucible”, seu jogo free-to-play “Fortnite”, também não foi um sucesso, nem sua plataforma de streaming de videogame Luna.